Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 20 Junho |
Santo Adalberto de Magdeburgo
home iconReligião
line break icon

Papa Francisco: Pega ladrão! E a ladra também!

Creative Commons

Clemente Raphael Mahl - publicado em 31/07/15

As advertências do papa para não nos deixarmos roubar (parte 1)

Em 2003, o médico e romancista afegão, Khaled Husseini, publicou o romance que celeremente correu o mundo, intitulado: “O caçador de pipas”, que conta a história do convívio entre dois meninos, ressaltando episódios quase heroicos, como também registrando em palavras a profundidade de sentimentos que machucam, roubam e matam como, por exemplo, ciúme e inveja.

Em dado momento, o autor faz uma bonita reflexão sobre o roubo, chamando-o de pecado, aliás, segundo o escritor, o único pecado existente. “Qualquer outro – frisa Husseini – é simplesmente a variação do roubo. Quando você mata um homem, está roubando uma vida. Está roubando à esposa o direito de ter um marido, roubando dos filhos um pai. Quando mente, está roubando de alguém o direito de saber a verdade. Quando trapaceia, está roubando o direito à justiça…”. Husseini, evidentemente, não é teólogo, é romancista, mas o que disse se posiciona ao lado do que é verdadeiro. Teria o papa Francisco lido esse livro, quando ainda cardeal na capital portenha? É possível. O fato é que, por sete vezes, na sua Exortação Apostólica Evangelii Gaudium – A Alegria do Evangelho, o papa adverte:

NÃO NOS DEIXEMOS ROUBAR…

Será um grande desastre e uma enorme derrota se nos deixarmos roubar aquilo que temos de mais precioso. No nosso caso de cristãos, ao falar de roubo, não estamos falando de pouca coisa. Estamos falando de toda riqueza espiritual da Igreja, por ela herdada de Jesus Cristo. A Igreja é a detentora e depositária de toda a plenitude dos meios de salvação, como diz claramente o Concílio Vaticano II, em seu Decreto sobre o ecumenismo.

Roubo é subtração de bens que pertencem a outrem, até mesmo usando de violência.

Ou será que em mim, em nós, há sinais doentios de cleptomania, em que manifestamos a capacidade de tirar riquezas de nós mesmos só para nos sentir livres de compromissos de carregar as mais belas riquezas interiores e as cruzes que se nos apresentam naturalmente ao longo dos nossos dias?… Que o Espírito Santo nos torne capazes de não nos fecharmos em nós mesmos, mas de enfrentar a vida com coragem contando com os dons da fé e da esperança sempre.

Primeira advertência do papa Francisco:
Não nos deixemos roubar o entusiasmo missionário

Nada mais positivo do que o cristão falar de entusiasmo missionário. Os que se dedicam a estudar a raiz das palavras e o seu percurso semântico através do tempo, dizem que etimologicamente entusiasmo significa “ter um deus interior que impulsiona”. Pois bem! Também nada melhor que isso, porque, de fato, nós, cristãos, temos não um deus imaginário, mas um Deus pessoal, um Deus que intervém na História e até enviou seu Filho na Plenitude dos Tempos para nos impulsionar para a missão. Ele nos envia: “Vão”. “Ensinem”. “Batizem”. “Façam observar tudo o que ordenei”. O nosso Deus interior, o Deus-entusiasmo, tem nome. É Jesus Cristo, junto com o Pai que cria e recria e o Espírito Santo que sopra sem cessar sobre a obra da criação para santificá-la, acalentá-la e fazê-la crescer. Continuemos a falar do entusiasmo missionário. Ele é um grande tesouro. Um tesouro que, no entanto, “carregamos em vasos de barro, para que todos reconheçam que esse incomparável poder pertence a Deus e não é propriedade nossa” (2Cor 4,7). O entusiasmo missionário, em verdade, é assim: “Somos atribulados por todos os lados, mas não desanimamos; somos postos em extrema dificuldade, mas não somos vencidos por nenhum obstáculo; somos perseguidos, mas não abandonados; prostrados por terra, mas não aniquilados” (2 Cor 4, 8-9). São Paulo fala e assim procede. Também o papa Francisco assim fala e assim dá forte testemunho: “Para manter vivo o ardor missionário, é necessária uma decidida confiança no Espírito Santo, porque Ele “vem em auxílio da nossa fraqueza” (Rm 8,26). Mas esta confiança generosa tem de ser alimentada e, para isso, precisamos invocá-lo constantemente. Ele pode curar-nos de tudo o que nos faz esmorecer no compromisso missionário […]. Não há maior liberdade do que a de se deixar conduzir pelo Espírito… permitindo que Ele nos ilumine, guie, dirija e impulsione para onde quiser” (Evangelii Gaudium, n. 280).

  • 1
  • 2
  • 3
Tags:
Papa Francisco
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
BABY GIRL
Mathilde de Robien
12 nomes de meninas cujo significado é ligado a Deus
2
Lucía Chamat
A curiosa foto de “Jesus” que está comovendo a Colômb...
3
Frank Stephens Global Down Syndrome Foundation
Reportagem local
“Eu tenho Síndrome de Down e não deveria precisar justifica...
4
Imagem de Nossa Senhora intacta após explosão
Francisco Vêneto
Viraliza imagem de Nossa Senhora intacta após explosão de carro-b...
5
SPANISH FLU
Philip Kosloski
Os poderosos conselhos do Padre Pio durante uma pandemia na Itáli...
6
Gelsomino Del Guercio
Estuprada, queimada viva e salva pela chuva: mas o milagre maior ...
7
Miguel Cuartero Samperi
Menino de 2 anos obrigado a se transformar em menina: uma tortura...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia