Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 22 Abril |
São Leônidas
home iconReligião
line break icon

Reflexões do papa sobre quando tentam nos roubar o Evangelho, o amor fraterno e a força missionária

Creative Commons

Clemente Raphael Mahl - publicado em 05/08/15

Papa Francisco: Pega ladrão! E a ladra também! (parte 3 - final)

Antes de prosseguir, não deixe de ler a primeira e a segunda partes deste belíssimo artigo.

Quinta advertência: Não deixemos que nos roubem o Evangelho

“A alegria do Evangelho é tal que nada e ninguém no-la poderá tirar”, diz o papa com base em João (16,22; Evangelii Gaudium n. 84). Evangelho não é exposição de uma doutrina, mas a vida de uma pessoa. Vida de uma pessoa especial, salvadora, divina, encarnada. A pessoa de Jesus Cristo.

É possível que uma enxurrada de mundanismos nos leve embora o Evangelho. Isso pode acontecer quando “negamos a nossa história de Igreja, que é gloriosa por ser história de sacrifícios, de esperança, de luta diária, de vida gasta no serviço, de constância no trabalho fadigoso” (Evangelii Gaudium n. 96). Já com todo o esforço de que somos capazes, temos dificuldade de manifestar a beleza do Evangelho; imagine-se como ficarão as coisas se houver concordância com as ondas do mundanismo (cf. n. 195).

O Evangelho “é a alegria de um Pai que não quer que se perca nenhum dos seus pequeninos” (Evangelii Gaudium n. 237), pois todos fomos criados para aquilo que o Evangelho nos propõe: a amizade com Jesus e o amor fraterno” (n. 265).

As tentações são muitas. Os ladrões à espreita são numerosos quando se tem de enfrentar tarefas que não nos dão a satisfação desejada, quando as mudanças esperadas são lentas. O que pode então suceder? “O Evangelho, que é a mensagem mais bela que há neste mundo, fica sepultado sob muitas desculpas” (Evangelii Gaudium n. 277).

Como pode, Senhor, alguém nos roubar o Evangelho? O Evangelho não és tu? O Evangelho não é a tua Boa Nova? Santa Teresinha do Menino Jesus é exemplo para mim, para nós, no sentido de buscar com toda profundidade as riquezas inesgotáveis do Evangelho, pois ela declara: “É acima de tudo o Evangelho que me ocupa durante as minhas orações; nele encontro tudo o que é necessário para a minha pobre alma. Descubro nele sempre novas luzes, sentidos escondidos e misteriosos” (in Catecismo da Igreja Católica n. 127). O Evangelho é vida. Vida sempre. Vida tua, Senhor, que venceste o mundo. Que o Evangelho não nos falte jamais e que sejamos capazes de sustentar a nossa fidelidade a ele. Amém.   

Sexta advertência: Não deixemos que nos roubem o ideal do amor fraterno

O papa Francisco é bem explícito: “Toda a experiência autêntica de verdade e de beleza procura, por si mesma, a expansão; e qualquer pessoa que viva uma libertação profunda adquire maior sensibilidade face às necessidades dos outros. E uma vez comunicado, o bem se radica e se desenvolve. Por isso, quem deseja viver com dignidade e em plenitude, não tem outro caminho senão reconhecer o outro e buscar o seu bem” (n.9).

Nosso amor fraterno é uma extensão de nós para além de nós mesmos. Como diz o papa, é “primariamente uma atenção prestada ao outro, considerando-o um só consigo mesmo” (São Tomás de Aquino). E o papa continua: “Esta atenção amiga é o início de uma verdadeira preocupação com a sua pessoa e, a partir dela, um desejo procurar efetivamente o seu bem. Isto implica apreciar o pobre na sua bondade própria, com o seu modo de ser, com a sua cultura, com a sua forma de viver a fé. O amor autêntico é sempre contemplativo, permitindo-nos servir o outro não por necessidade ou vaidade, mas porque ele é belo, independentemente de sua aparência: ‘Do amor, pelo qual uma pessoa é agradável à outra, depende que lhe dê algo de graça’ (São Tomás)”. E o documento papal prossegue: “Quando amado, o pobre ‘é estimado como de alto valor’ (São Tomás), e isto diferencia a autêntica opção pelos pobres de qualquer ideologia, de qualquer tentativa de utilizar os pobres ao serviço de interesses pessoais ou políticos. Unicamente a partir desta proximidade real e cordial é que podemos acompanhá-los adequadamente no seu caminho de libertação. Só isto tornará possível que os pobres se sintam, em cada comunidade cristã, como ‘em casa’. Não seria este estilo a maior e mais eficaz apresentação da boa nova do Reino?” (Evangelii Gaudium n. 199).

  • 1
  • 2
  • 3
Tags:
Amorevangelho
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens poderosas
2
ROBERTO CARLOS
Ricardo Sanches
A música que Roberto Carlos cantou no próprio aniversário de 80 a...
3
Ordenação sacerdotal
Francisco Vêneto
Ex-testemunha de Jeová será ordenado padre católico aos 25 anos
4
BENEDICT XVI
Francisco Vêneto
Em nova e extensa biografia, Bento XVI desmascara o atual “...
5
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma gestação rara
6
MIGRANT
Jesús V. Picón
O menino perdido no deserto nos convida a refletir
7
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia