Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 16 Maio |
home iconReligião
line break icon

Reflexões do papa sobre quando tentam nos roubar o Evangelho, o amor fraterno e a força missionária

Creative Commons

Clemente Raphael Mahl - publicado em 05/08/15

Em uma passagem um pouco mais à frente, Francisco vai dizer: “Cada vez que nos encontramos com um ser humano no amor, ficamos capazes de descobrir algo de novo sobre Deus (…) Cada vez que os nossos olhos se abrem para reconhecer o outro, ilumina-se mais a nossa fé para reconhecer a Deus. Em consequência disto, se queremos crescer na vida espiritual, não podemos renunciar a ser missionários. A tarefa da evangelização enriquece a mente e o coração, abre-nos horizontes espirituais, torna-nos mais sensíveis para reconhecer a ação do Espírito, faz-nos sair dos nossos esquemas espirituais limitados” (Evangelii Gaudium n. 272).




Senhor Jesus, “tu és o evangelizador por excelência e o Evangelho em pessoa”. Tu te identificaste especialmente com os mais pequeninos. Assim recordas a nós, cristãos e cristãs, de que somos chamados a cuidar dos mais frágeis da Terra. Desse modo, ajuda-nos a ter boa percepção da realidade ao nosso redor, a ter sensibilidade diante das necessidades dos outros, a reconhecer o outro, a ter preocupação com o outro para que ele atinja o seu bem almejado, principalmente se este se situar onde se situa a tua vontade, Jesus. Somos todos frágeis e limitados, mas, se nos dermos as mãos, teremos a tua força para avançar e gozarmos de grande proximidade contigo.

Sétima advertência: Não deixemos que nos roubem a força missionária

Existe o perigo de nos ser roubada a força missionária, mas, diante dessa tentação, Deus nos dá os meios para sairmos dela vitoriosos (cf. 1Cor 10,13). Paulo confessa que o Senhor lhe disse: “Para ti, basta a minha graça, pois é na fraqueza que a força manifesta todo o seu poder” (2Cor 12,9). Em vista disso, Paulo acrescenta: “Por isso eu me alegro nas fraquezas, humilhações, necessidades, perseguições e angústias, por causa de Cristo, pois quando sou fraco, então é que sou forte” (2Cor 12,10).

A pastoral decididamente missionária é fonte das maiores alegrias para a Igreja. “Sabemos bem que a vida com Jesus se torna muito mais plena e, com Ele, é mais fácil encontrar o sentido para cada coisa. É por isso que evangelizamos. O verdadeiro missionário, que não deixa jamais de ser discípulo, sabe que Jesus caminha com ele, fala com ele, respira com ele, trabalha com ele (…). Se uma pessoa não o descobre presente no coração mesmo da entrega missionária, depressa perde o entusiasmo e deixa de estar seguro do que transmite; faltam-lhe força e paixão” (Evangelii Gaudium n. 266). Com a força missionária, sendo necessário a ela o dom de nós mesmos, “talvez o Senhor se sirva da nossa entrega para derramar bênçãos noutro lugar do mundo, aonde nunca iremos” (Evangelii Gaudium n. 279).

Graças ao sacramento da Crisma, ganhamos “uma força especial do Espírito Santo para difundir e defender a fé pela palavra e pela ação, como verdadeiras testemunhas de Cristo, para confessar com valentia o nome de Cristo e para nunca sentir vergonha em relação à cruz” (Catecismo da Igreja Católica n. 1303).

Oremos: “O louvor, a glória, a sabedoria, a ação de graças, a honra, o poder e a força pertencem ao nosso Deus, para sempre. Amém” (Ap 7,12).

Senhor,
se eu nunca vesti um entusiasmo missionário tamanho “G”;
se eu já me deixei abater na alegria da evangelização;
se eu já deixei respingar em mim fagulhas de dúvida diante da beleza do tesouro imperdível da esperança;
se eu já causei alvoroço e deixei de somar dentro da comunidade;
se eu já desconsiderei a tua importância e a do teu Evangelho em minha vida e no meu modo de proceder;
se eu já passei por momentos em que nem dei bola ao ideal do amor fraterno;
se eu já me senti sem força na minha força missionária;
o que faço, o que faço?

A mim e a tantos outros que se veem pequenos, sem as melhores condições físicas e espirituais, apesar de tudo, Maria, “dá-nos a santa ousadia de buscar novos caminhos para que chegue a todos o dom da beleza que não se apaga. Estrela da nova evangelização, ajuda-nos a refulgir com o testemunho da comunhão, do serviço, da fé ardente e generosa, da justiça e do amor aos pobres, para que a alegria do evangelho chegue até os confins da terra e nenhuma periferia fique privada de sua luz. Mãe do Evangelho vivente, manancial de alegria para os pequeninos, roga por nós. Amém, Aleluia!” (Evangelii Gaudium n. 288).

Clemente Raphael Mahl
Conselho Nacional do Laicato do Brasil – Região Episcopal Sant’Ana – SP

  • 1
  • 2
  • 3
Tags:
Amorevangelho
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
Lucía Chamat
A curiosa foto de “Jesus” que está comovendo a Colômb...
2
Philip Kosloski
5 revelações surpreendentes do “terceiro segredo” de ...
3
Nossa Senhora de Fátima pede rezar o terço
Padre Reginaldo Manzotti
As 3 principais atitudes que Nossa Senhora de Fátima nos pediu
4
Soutane de Jean Paul II/attentat
Marzena Wilkanowicz-Devoud
Onde está a batina manchada de sangue de João Paulo II?
5
Nossa Senhora de Akita
Reportagem local
O grave alerta de Nossa Senhora de Akita sobre o maligno infiltra...
6
Irmã Lúcia, de Fátima, e o Papa São João Paulo II
Francisco Vêneto
O terço “funciona”, garante a Irmã Lúcia, de Fátima: ...
7
FATIMA
Reportagem local
Uma carta da Irmã Lúcia, vidente de Fátima, sobre a grandiosidade...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia