Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Receba o nosso boletim

Aleteia

Liga Árabe estudará petição da Líbia para intervir contra o EI

Captura de tela de vídeo divulgado por mídia jihadista mostra a bandeira do grupo Estado Islâmico (EI) hasteada na cidade de Sirte, Líbia, no dia 9 de junho de 2015

Compartilhar

A Liga Árabe manterá uma reunião extraordinária na terça-feira para debater o pedido do governo líbio internacionalmente reconhecido para que intervenha na cidade de Sirte contra o grupo Estado Islâmico (EI), indicou um diplomata neste domingo.

No sábado, o governo, exilado na cidade de Al Baida (leste), se declarou incapaz de fazer frente ao EI e pediu aos países árabes que adotem medidas para combater os jihadistas.

Horas mais tarde, em um comunicado oficial, pediu que os extremistas fossem bombardeados.

Os combatentes do EI assumiram o controle da cidade litorânea de Sirte em junho, um passo a mais para controlar um país mergulhado no caos desde a queda de Muamar Khadafi em 2011.

Também na véspera, a agência oficial Lana informou que os jihadistas do EI decapitaram doze combatentes com quem lutam pelo controle da cidade de Sirte.

A fonte também informou que o EI igualmente executou outros 22 combatentes que estavam internados no hospital local, que foi incendiado.

Violentos confrontos opõem desde terça-feira os jihadistas do EI e os combatentes locais pelo controle de Sirte, cidade natal do falecido ditador líbio Khadafi.