Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 22 Setembro |
São Lauto ou Laudo
home iconAtualidade
line break icon

ONU qualifica de ‘inaceitável’ bombardeio saudita no Iêmen

AFP - publicado em 20/08/15

Um alto funcionário das Nações Unidas criticou severamente nesta quarta-feira a coalizão liderada pela Arábia Saudita por bombardear o porto iemenita de Hodeida, vital para chegada ao país de alimentos, remédios e combustíveis.

"Estes ataques são uma violação da lei humanitária internacional e, inaceitáveis", disse o encarregado de Assuntos Humanitários da ONU, Stephen O’Brien, ao Conselho de Segurança.

O’Brien manifestou sua "extrema preocupação com o severo impacto" que os bombardeios poderão ter em todo o país, agravando a crise humanitária.

Os Estados Unidos, que apoiam a Arábia Saudita, recordaram que, de maneira geral, "todas as partes têm que respeitar o direito humanitário internacional".

Segundo o porta-voz do departamento de Estado, John Kirby, "é importante recordar que o governo do Iêmen pediu ajuda ao governo saudita".

Ao menos 80% da população do Iêmen, de 26 milhões de pessoas, estão desesperados por ajuda humanitária, e quase 1,5 milhão foram expulsos de suas casas desde o início da guerra, há cinco anos.

Hodeida está sob o controle dos rebeldes xiitas apoiados pelo Irã, que lideram uma ofensiva há um ano contra as forças leais ao presidente Abedrabbo Mansur Hadi, exilado na Arábia Saudita.

Em março, a Arábia Saudita e seus sócios árabes lançaram uma ofensiva aérea para restaurar a autoridade de Hadi, e mais de 4.300 pessoas morreram nos combates, entre eles 400 crianças, segundo a ONU.

O’Brien afirmou ao Conselho que a "escala do sofrimento humano é quase incompreensível". "Fiquei abalado com o que vi".

As operações de assistência estão sendo prejudicadas pela falta de recursos. Apenas 18% dos 1,6 bilhão de dólares exigidos para socorrer o Iêmen foram arrecadados até o momento.

É preciso alcançar uma solução política para o conflito "antes que seja muito tarde. Do contrário, não haverá nada pelo que lutar", advertiu O’Brien.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Exorcista padre Gabriele Amorth
Gelsomino Del Guercio
Os assombrosos diálogos entre o diabo e um exorcista do Vaticano
2
Aleteia Brasil
O dia em que os cães farejadores detectaram Alguém vivo no Sacrár...
3
HOLY COMMUNION
Reportagem local
A Santa Missa não pode ser trocada por orações pessoais: sem ela,...
4
BEATRIZ
Reportagem local
Mistério do sumiço de uma mulher em Aparecida já dura 9 anos
5
Berthe and Marcel
Lauriane Vofo Kana
O segredo do casal que tem a união mais longa da França
6
RECONSTRUCTED CHRIST
Lucandrea Massaro
Assim era Jesus: o misterioso Homem do Sudário, reconstruído em 3...
7
Sangue de São Januário ou San Gennaro
Reportagem local
Milagre do sangue de São Januário volta a ser registrado em Nápol...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia