Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 27 Novembro |
São Máximo de Lérins
home iconEstilo de vida
line break icon

Mobilidade sustentável: o que um católico tem a ver com isso?

<a href="http://www.shutterstock.com/pic.mhtml?id=15659899&amp;src=id" target="_blank" />Small girl ride on a bicycle</a> © Emin Kuliyev / Shutterstock

&lt;a href=&quot;http://www.shutterstock.com/pic.mhtml?id=15659899&amp;src=id&quot; target=&quot;_blank&quot; /&gt;Small girl ride on a bicycle&lt;/a&gt; &copy; Emin Kuliyev /&nbsp;Shutterstock

Aleteia Brasil - publicado em 02/09/15

É verdade que somos cidadãos do céu, mas também somos guardiões da criação e temos deveres concretos aqui na terra

O cristão não pertence a este mundo, mas vive no meio dele e deve transformá-lo positivamente em todos os sentidos. Afinal, Deus confiou a gestão do mundo à humanidade e esta missão deve ser levada a sério por qualquer pessoa que acredita no Criador e na missão recebida dele.

É neste contexto que podemos entender, por exemplo, a mensagem da encíclica Laudato Si’, recentemente publicada pelo papa Francisco a respeito dos “cuidados da casa comum”, ou seja, do planeta. O Santo Padre reflete sobre a chamada “ecologia humana” e a postura que devemos adotar em relação à vida humana como um todo, o que inclui a equilibrada interação entre as pessoas e sociedades e a sua relação saudável com todos os recursos oferecidos pela natureza.

Muitas têm sido as iniciativas do mundo católico para aprofundar no entendimento e na aplicação prática desta mensagem. Uma dessas iniciativas foi posta em prática nos últimos dias pelo movimento Comunhão e Libertação, que organiza todos os anos, na cidade italiana de Rímini, o “Encontro para a Amizade entre os Povos”, bastante conhecido na Itália como o “Meeting de Rímini”. Este evento propõe discussões e reflexões não apenas sobre temas religiosos, mas também sobre questões culturais, políticas, artísticas, científicas, sociais, mediante palestras, debates, exposições, música, teatro, esportes e laboratórios diversos. O encontro acontece desde 1980, sempre na segunda metade de agosto, e dura uma semana. O de 2015 aconteceu de 22 a 28 de agosto.

Entre os temas em destaque nesta edição, o encontro procurou abordar questões levantadas pelo papa Francisco na Laudato Si’, como a sustentabilidade da vida nas cidades, em particular no tocante à mobilidade urbana.

Diversos aspectos desta questão, muito em voga em todo o planeta, foram apresentados e discutidos por convidados especiais, como Michele Mario Elia, da companhia estatal italiana de transportes ferroviários, e Carlo Tamburi, de uma companhia italiana de distribuição de energia elétrica. Eles falaram do desafio de expandir as redes ferroviárias, em particular as de alta velocidade, e de investir no transporte local, que deve utilizar de modo integrado e inteligente os veículos públicos, dando-lhes prioridade, e também os meios particulares de locomoção, com destaque para os carros elétricos e para as modalidades não motorizadas.

A organização do debate sobre mobilidade urbana sustentável divulgou uma proposta com 15 objetivos para a Itália, que são interessantes para qualquer outro país e que revelam, ainda, o quanto a realidade concreta do dia-a-dia deve fazer parte dos esforços transformadores a ser empreendidos por todo cristão consciente de ser guardião da criação:

1) Implantar um Plano Estratégico Nacional de Mobilidade Urbana Sustentável como referência para as regiões e cidades;

2) Integrar e simplificar as políticas de mobilidade, com foco na eficiência e na racionalização dos custos;

3) Implantar Planos Urbanos de Mobilidade Sustentável em todas as regiões metropolitanas e cidades com mais de 100.000 habitantes;

4) Priorizar as pessoas em vez dos veículos, incentivando o tráfego de pedestres, a bicicleta e o transporte coletivo;

5) Integrar os modais;

6) Aumentar os espaços reservados ao transporte não motorizado, como calçadões e redes de ciclovias;

7) Encorajar a mobilidade compartilhada;

8) Incentivar o uso de veículos elétricos;

9) Reorganizar a logística do transporte de mercadorias;

10) Garantir aos usuários com mobilidade reduzida o pleno acesso aos meios de transporte;

11) Aplicar as receitas oriundas de pedágios em projetos de mobilidade sustentável;

12) Aplicar as taxas veiculares no uso democrático dos espaços públicos;

13) Criar cursos de gestão da mobilidade para envolver e preparar as novas gerações;

14) Promover novas tecnologias de informação ligadas à mobilidade e à integração entre transporte público, veículos particulares e meios de locomoção não motorizados;

15) Educar a opinião pública para acolher medidas “impopulares”, mas necessárias para a qualidade de vida urbana e para o desenvolvimento sustentável.

Tags:
qualidade de vida
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Jesús V. Picón
Padre com câncer terminal: perde os olhos, ma...
Papa Francisco com máscara contra covid
Reportagem local
As 3 “covids” do Papa Francisco
MARADONA
Pablo Cesio
Pelé sobre Maradona: "Espero que um dia jogue...
WEB2-COMMUNION-EUCHARISTIE-HOSTIE-GODONG-DE354465C-e1605635059906.jpg
Reportagem local
Internado na UTI, Pe. Márlon Múcio continua c...
John Burger
A melhor maneira de contar a seus filhos a ve...
MARYJA
Philip Kosloski
A melhor oração mariana para quando você prec...
POINSETTIAS,CHRISTMAS,ALTAR
A. J. Clishem
O segredo do grau de inclinação da cabeça de ...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia