Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 07 Março |
home iconAtualidade
line break icon

Países europeus anunciam medidas para administrar crise migratória

AFP - publicado em 07/09/15

Comissão vai propor na quarta-feira ao Parlamento Europeu a distribuição dos 120.000 refugiados nos próximos dois anos

A Alemanha anunciou nesta segunda-feira que vai destinar 6 bilhões de euros para administrar o grande fluxo de migrantes, enquanto a França se comprometeu a receber 24.000 refugiados, em uma Europa que se esforça para resolver a mais grave crise migratória em décadas.

“O que vivemos agora é algo que seguirá nos ocupando pelos próximos anos, nos mudará, e queremos que a mudança seja positiva e pensamos que podemos conseguir isto”, declarou a chanceler alemã Angela Merkel.

Ao mesmo tempo, o presidente francês, François Hollande, anunciou que o país receberá 24.000 refugiados nos próximos dois anos, do total de 120.000 que a Comissão Europeia deseja abrigar no continente.

A Comissão vai propor na quarta-feira ao Parlamento Europeu a distribuição dos 120.000 refugiados nos próximos dois anos. A medida será adicionada à recepção de outros 40.000 migrantes anunciada em maio, que afetava apenas as pessoas que estavam na Itália e na Grécia.

Também no Mediterrâneo prosseguem as chegadas às ilhas gregas do Egeu oriental, procedentes das costas turcas.

No caso da ilha grega de Lesbos, o local está “a ponto de explodir” com a presença de “entre 15.000 e 17.000 refugiados”, o equivalente a 20% de sua população total, afirmou o ministro grego para a Política Migratória, Iannis Mouzalas.

As ilhas gregas são as primeiras etapas da viagem europeia de dezenas de milhares de refugiados e migrantes que fogem dos conflitos e a pobreza no Oriente Médio, Ásia e África.

A Comissão Europeia proporá a França, Alemanha e Espanha que recebam 71.305 solicitantes de asilo que entraram em países do bloco.

O organismo pedirá que a Alemanha receba 31.443 solicitantes de asilo que chegaram à Itália, Grécia e Hungria, ou seja 26,2%, a França 24.931 (20%) e a Espanha 14.931 (12,4%).

Desta forma, os três países receberão a maior parte dos refugiados. Mas a dimensão do problema é muito maior, pois a Alemanha espera receber 800.000 pedidos de asilo este ano, quatro vezes mas que no ano passado.

Assim, Merkel fez um apelo por um “esforço da União Europeia”.

– Conferência internacional –

Hollande propôs organizar em Paris uma conferência internacional sobre a crise de imigração na Europa, no momento em que vários países do leste do continente não desejam participar no esforço conjunto.

Viktor Orban, primeiro-ministro de um destes países, Hungria, considerou nesta segunda-feira prematuro debater o sistema de cotas de distribuição de refugiados, enquanto o fluxo de migrantes não estiver controlado.

“Enquanto não conseguirmos proteger as fronteiras externas da Europa, não faz sentido debater sobre o número de pessoas que podemos receber”, afirmou em Budapeste.

O fluxo de migrantes não para de aumentar, em especial desde que Berlim decidiu não reenviar os sírios ao país pelo qual entraram na Europa.

“Alemanha espera mais de 10.000 novos refugiados nesta segunda-feira em Munique, anunciou o presidente do distrito da Alta Baviera, Christoph Hillenbrand.

A Deutsche Bahn, a empresa nacional de ferrovias, informou que nos “últimos dias” 22.000 pessoas distribuídas em 100 trens passaram pela fronteira.

Merkel mencionou nesta segunda-feira um fim de semana “emocionante e impactante”, durante o qual chegaram a Alemanha quase 20.000 refugiados procedentes em sua maioria da Síria.

A chanceler comemorou o fato de a Alemanha “ter se transformado em um país que as pessoas associam à esperança. É algo muito valioso se observarmos nossa história”.

Centenas de voluntários se reuniram nas estações ferroviárias da Alemanha para entregar água e comida aos refugiados, com cartazes com a frase “Refugees welcome!” (“Bem-vindos refugiados”).

Tags:
MundoRefugiados
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
MIRACLE
Maria Paola Daud
Mateo se perdeu no mar… e apareceu nos braços do pai
2
MADONNA
Maria Paola Daud
A curiosa imagem da Virgem Maria protetora contra o coronavírus
3
Reportagem local
Santo Sudário, novo estudo: “Não é imagem de morto, mas de ...
4
SAINT JOSEPH
Philip Kosloski
10 coisas sobre São José que você precisa saber
5
PADRE PIO
Philip Kosloski
A oração que Padre Pio fazia todos os dias ao Anjo da Guarda
6
Santo Sudário
Aleteia Brasil
Manchas do Santo Sudário são do sangue de alguém que sofreu morte...
7
BABY BORN
Reportagem local
Bebê “renasce” após ser batizado por uma médica
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia