Aleteia

Ele é jogador de golfe, violinista, poliglota e palestrante internacional. Ah, sim, e tem Síndrome de Down, também.

Compartilhar

Hoje um jovem de 18 anos, ele é uma lição viva sobre o desenvolvimento das habilidades inatas de cada pessoa.

Emmanuel Bishop surpreende seus pais desde pequeno. Aos 3 anos, já identificava palavras escritas. Aos 6, começou a aprender violino. Aos 8, na primeira vez em que pegou um taco de golfe, foi quase inato: jogou com excelência. E nem Víctor, seu pai, nem Gloria, sua mãe, jogavam golfe: Gloria, aliás, tinha o desejo de que Emmanuel jugasse tênis. Víctor até desenhou a sequência do swing para orientar o filho nos movimentos do golfe, mas parecia que não precisava ensinar nada ao menino. Emmanuel, hoje um jovem de 18 anos, é uma lição viva sobre o desenvolvimento das habilidades inatas de cada pessoa.

Coisa parecida com o golfe aconteceu também com a música, relata Víctor à Aleteia. “São dons de Deus com os quais ele nasceu”, diz ele. “Às vezes, para não dizer quase sempre, os pais tentam ajustar as áreas de déficit em vez de fomentar as habilidades inatas dos filhos. O meu filho não consegue bater bem numa bola de tênis com a raquete; ele simplesmente não tem dons naturais para esse esporte”, observa.

Emmanuel compartilha com seus pais também o dom da fé: toda vez que viajam, eles vão saudar a Mãe de Deus nos seus santuários. Em vários deles, emblemáticos como o de Nossa Senhora de Guadalupe, no México, e o de Nossa Senhora de Luján, na Argentina, o jovem interpretou, com seu violino, músicas a poucos metros das imagens originais. Emmanuel ajuda com frequência nas missas da sua comunidade, habilidade que ele relata com o mesmo orgulho e simplicidade com que fala das outras, e para a qual se forma com o mesmo esmero.

O jovem fala inglês, espanhol e francês e agora está estudando latim para ajudar nas missas celebradas nessa língua. Sua facilidade para se comunicar lhe permite dar palestras desde os 6 anos de idade, um talento que o fez viajar para várias partes do mundo. Emmanuel está agora se preparando para um concerto na Albânia, agendado para 18 de dezembro.

Ah, sim: Emmanuel tem Síndrome de Down, também.

Para conhecer mais sobre ele e acompanhar as suas atividades, você pode visitar o seu Facebook.

Boletim
Receba Aleteia todo dia