Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma 
Aleteia logo
home iconEstilo de vida
line break icon

E você ainda acha que é tarde demais para fazer coisas novas?

Catraca Livre - publicado em 11/11/15

Conheça a paulistana que, aos 64 anos, encara surfe, stand-up paddle e slack-line

Em setembro, a paulistana Suzana Leidinger, 64 anos, foi muito além das aulas de natação e hidroginástica que faz semanalmente. Encarou esportes mais radicais como o surfe, o slack-line e o stand-up paddle em Bertioga, no litoral de São Paulo.

Arquivo Pessoal

Suzana vence o desafio e chega à margem do lago em pé no stand-up paddle (Arquivo Pessoal)

“Estou me surpreendendo com os desafios. Antes de tentar, tive medo de cair, mas na hora não fiquei preocupada”, conta ela, após conseguir ficar de pé na prancha de stand-up paddle.

“Fiquei emocionada por ter ficado de pé no stand-up paddle. No surfe, fiquei muito impressionada, por ter vencido o desafio. No slack-line, tive receio de sentir dor no tornozelo que quebrei há alguns anos, mas não senti nada. Só emoção. São experiências que marcam”, resumiu, após a jornada aventureira oferecida no Festival da Integração do Sesc São Paulo.

Arquivo Pessoal

Suzana Leidinger com o marido (Arquivo Pessoal)

Aposentada como secretária na Câmara Americana de Comércio, atualmente ela tem uma rotina cheia no departamento administrativo-financeiro da empresa de produtos químicos da família. Em setembro, tocou tudo sozinha, pois o filho e o marido tiveram de viajar a negócios. No final do mês, foi a sua vez de se afastar um pouco.

“Tive de resolver vários problemas. Quando os dois voltaram, falei que ia fugir com minha escova de dentes por uma semana!”, lembra ela, rindo.

Dos tempos de Câmara Americana conquistou um diferencial: fazer atas de reuniões de diretorias de grandes empresas. Até hoje ela é chamada para preparar esses documentos. “Virei uma especialista em atas, após acompanhar esse tipo de reunião por 12 anos. Criei uma metodologia própria e, como meu trabalho é absolutamente confidencial, as empresas confiam em mim e me chamam quando precisam de um registro documental.”

Arquivo Pessoal

Suzana Leidinger se equilibra no slack-line (Arquivo Pessoal)

Na praia, bem longe dos ambientes sisudos dos escritórios, tudo o que Suzana queria era aprender e encarar coisas novas: “A experiência do surfe vai ficar na memória. Todos deviam tentar”.

(Catraca Livre)

Tags:
Valores
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
3
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
4
Carlo Acutis
Gelsomino Del Guercio
“Ele fechou os olhos sorrindo”: foi assim que Carlo Acutis morreu
5
Reportagem local
A bela lição que este menino deu a todos ao se aproximar do Papa
6
São José
Francisco Vêneto
Padre irmão de piloto de avião partido em dois: “São José tem mui...
7
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia