Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

O deserto como início da liberdade

Compartilhar

Shake away

Clique aqui para abrir a galeria de fotos

Shake away, shake away the old chains in my life

Michael Patrick “Paddy” Kelly nasceu em Dublin, a 5 de dezembro de 1977. Nos anos 1990, com a banda “The Kelly family”, vendeu 20 milhões de discos, mas não obstante seu sucesso extraordinário e juventude, em 2004 decidiu se retirar da vida pública.

Michael buscava uma morada de paz para sua alma: começou pelos anos de noviciado, onde conheceria a alegria da vida contemplativa e os misteriosos tesouros escondidos no deserto.

O artista recorda este período como o mais extraordinário de sua vida. Mas, depois de seis anos, sentiu-se chamado a uma outra missão.

Com “Shake Away”, Paddy Kelly volta ao mundo do espetáculo e nos ensina a empreender uma viagem até a felicidade.

Em busca do seu caminho?

Shake away! Quebre as correntes, liberte-se dos fardos, das complicações; ame, construa uma vida simples, cultive relações autênticas.

O deserto é um elemento importante para Michael, mas não uma solução definitiva. Trata-se de uma etapa necessária para reencontrar a concretude da vida.

Se não pode ir ao deserto, pode ao menos “viver o deserto”, apartando-se algumas vezes dos ruídos, das distrações, contemplando a solidão, e, depois dessa pausa, pode retornar com todo vigor, com mais amor, mais alegria, conservando no coração uma parte do deserto, como um lugar silencioso onde se refugiar a qualquer momento.

Paddy Kelly nos fala de alguém em busca da radicalidade de si e nos oferece uma imagem belíssima de sua experiência. Saindo de casa com uma mochila nas costas, o protagonista encontra-se sob o limiar do infinito e nos convida a embarcar em experiências grandiosas e iluminadas. Deixemo-nos tocar por suas palavras e ser transportados por sua música, que certamente nos levará a um lugar de paz.

“Portanto, eis que eu a atrairei, e a levarei para o deserto, e lhe falarei ao coração” (Os 2, 14)

A canção “Shake Away” está no álbum “Human”.

Laura Montorio

Michael Patrick Kelly - -Human-