Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 27 Fevereiro |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Loucura de esperança, amor e fé: Universidade Católica vai abrir novo campus – em pleno Iraque assolado pelo jihadismo

erbil-iraq-christian-catholic-bc3a9atrice-dillies-au-kurdistan-cc.jpg

John Burger - publicado em 04/12/15

Corajoso centro de estudos será aberto em Erbil nesta terça, pleno dia da Imaculada Conceição!

A agência Fides informou nesta quinta-feira que a arquidiocese católica caldeia de Erbil, no Iraque, abrirá na próxima terça-feira, 8 de dezembro, dia da Imaculada Conceição, um novo campus da Universidade Católica no norte do país, região ameaçada pelos terroristas do sanguinário grupo Estado Islâmico.

O convite para a cerimônia de abertura do campus define a universidade como “um caminho de educação que levará muitos a um futuro de paz e prosperidade”.

Erbil é a capital do Curdistão iraquiano e abriga hoje de 125.000 a 150.000 refugiados internos que tiveram de fugir de Mossul e de várias aldeias da Planície de Nínive quando o Estado Islâmico invadiram a região. Na grande maioria, os deslocados internos são cristãos.

A primeira pedra da universidade foi colocada em Ankawa, um subúrbio de Erbil, no dia 20 de outubro de 2012, antes da ascensão do EI.

Os primeiros contatos de dom Bashar Warda, o arcebispo católico caldeu de Erbil e grande patrono da iniciativa, foram feitos com a Universidade Saint-Esprit de Kaslik, renomada faculdade fundada no Líbano pela Ordem Maronita Libanesa. Dom Warda pediu ajuda e orientação para realizar o projeto, que deveria ser aberto a todos e intimamente associado com a pesquisa científica.

Desde o início, o arcebispo queria concluir os trabalhos antes do final de 2015, para permitir que os jovens cristãos iraquianos “continuassem testemunhando o dom da fé em seu próprio país”. As convulsões dramáticas no norte do Iraque transformaram precisamente Ankawa em refúgio para milhares de cristãos expulsos pelo avanço dos jihadistas, mas não impediram que o projeto também avançasse.

É um sinal eloquente de que os cristãos iraquianos, apesar de tudo, ainda acreditam na possibilidade de um futuro de paz e de fé em Cristo, em harmonia com os compatriotas muçulmanos e de outras crenças religiosas.

Tags:
EducaçãoEstado IslâmicoMundoTerrorismoValores
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia