Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Receba o nosso boletim

Aleteia

Para entender facilmente o Advento: 2 períodos, 4 semanas

© Mario Sormann
Compartilhar

Saiba como se preparar ao máximo para a vinda de Jesus!

O tempo do Advento tem duração de 4 semanas. Ele se encerra na tarde de 24 de dezembro, quando começa o Tempo de Natal. O Advento se divide em dois períodos:

Primeiro Período:

Do primeiro domingo do Advento até 16 de dezembro, a Igreja nos orienta na esperança da vinda gloriosa de Cristo em todos os seus aspectos: sua vinda há dois mil anos, sua vinda agora, a cada dia, e sua vinda no fim dos tempos.

Segundo Período:

Do dia 16 até o dia 24 de dezembro (novena de Natal) somos orientados mais diretamente à preparação para o Natal e convidados a viver com mais alegria, porque já está próximo o cumprimento da promessa salvífica de Deus. Neste período, os Evangelhos nos preparam para o nascimento de Jesus.

Ao longo desta dupla preparação, a liturgia suprime vários elementos festivos, a fim de expressar que, durante o nosso peregrinar pela terra, falta-nos algo para que a nossa alegria seja completa. A festa acontecerá quando o Senhor se fizer presente no meio do seu povo!

Nessas quatro semanas, cada domingo é um novo marco preparatório para o advento de Jesus.

Primeiro Domingo:

  • Vigilância na espera do Senhor.
  • “Vigiai e estai preparados, porque não sabeis a que hora virá o Filho do homem” (Mt 24, 42–44).
  • “Por que dormis? Levantai-vos e orai, para que não entreis em tentação” (Lc 22,46).
  • Primeira vela da Coroa do Advento como sinal de vigilância e desejo de conversão.

Segundo Domingo:

  • Conversão.
  • “Fazei penitência, porque está próximo o reino dos céus. Preparai os caminhos do Senhor, endireitai as suas veredas” (Mt 3, 2-3).
  • Reconciliação com Deus
  • Segunda vela da Coroa do Advento, como sinal do processo de conversão que estamos vivendo.

Terceiro Domingo:

  • O sim de Maria.
  • Vínculo providencial com a Festa da Imaculada Conceição: o grande acontecimento da Encarnação do Verbo só se realiza pela disponibilidade da Virgem Maria, cujo sim inaugura a nova humanidade.
  • “Faça-se em mim segundo a vossa palavra”: meditação sobre o papel que a Virgem Maria desempenhou e devoção a ela mediante o rosário.
  • Terceira vela da Coroa do Advento, como sinal de esperança gozosa.

Quarto Domingo:

  • O anúncio do nascimento de Jesus a José e Maria.
  • “Eis que um anjo do Senhor lhe apareceu em sonho, dizendo: José, filho de Davi, não temas receber Maria como tua esposa, porque aquele que foi nela concebido é obra do Espírito Santo” (Mt 1,20).
  • Espera da grande festa, já tão iminente!
  • Quarta vela da Coroa do Advento.