Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Ele tem 4 anos e fez o Papai Noel se ajoelhar e rezar por um presente desconcertante

Reprodução/Instagram
Compartilhar

Que tipo de pessoa pede, como presente próprio, algo capaz de nos deixar tão sem palavras?

Em dezembro de 2015, as redes sociais se comoveram com a foto de um menininho de joelhos ao lado do Papai Noel – e essa imagem terna merece ser recordada ao longo de muitos Natais!

Prestyn Barnette tinha apenas 4 anos. Ele foi ao shopping Dutch Square Mall, em Columbia, na Carolina do Sul (Estados Unidos), para “conhecer” o “Bom Velhinho” e fazer os seus pedidos de Natal.

Mas Prestyn surpreendeu o Papai Noel: além de um trem, ele pediu que os dois rezassem juntos a Deus pela vida de um menino chamado Knox Joseph, que, a milhares de quilômetros de distância, lutava pela vida.

Prestyn tinha ficado sabendo sobre Knox através da avó, que participa de um grupo de oração no Facebook.

Na inocência do seu coração, o pequeno de apenas 4 anos pediu como presente de Natal que o Papai Noel rezasse por uma criança cuja vida estava em perigo!

Que tipo de pessoa pede, como presente próprio, que alguém reze por uma vida desconhecida?

O tipo de pessoa, provavelmente, que muda o mundo.

Prestyn, do alto de seus 4 anos de idade, não só se ajoelhou e orou a Deus pela vida de uma criança distante: ele nos lembrou o que é o Natal de verdade!