Aleteia

Quem canta reza duas vezes (Santo Agostinho)

Compartilhar
Comentar

Lord I need you

Teach my song to rise to you

“Lord, I Need You” não é uma música comum. É uma daquelas orações que sacodem a alma como uma torrente, como o eco de uma intuição direta: não é mediada unicamente pela razão, não nasce de questões cotidianas. É uma declaração de amor definitiva, gloriosa, que com humildade luminosa admite a necessidade mais essencial de todo ser humano: estar perto de Deus, permanecer na luz.

Porque quando tudo desmorona ao nosso redor e nos abalamos; e então despojados das coisas do mundo e dos seus becos sem saída, alcançamos a absoluta necessidade daquela imensa liberdade que só o viver na constante presença de Deus nos pode oferecer.

Composta pelo artista canadense Matt Maher e presente no álbum “All the people said Amen”, “Lord, I Need You” é uma confissão de joelhos. Não é, repito, uma música comum. Durante a Jornada Mundial da Juventude do Rio de Janeiro, Matt alega ter sentido a necessidade de cantá-la no palco de joelhos, assim como uma oração. Não poderia fazê-lo de outra forma. O único público desta música, de fato, é Deus.

“Lord, I Need You” oferece-nos uma sensação que brota de cada nota como uma reviravolta inesperada, como um ressoar da Suma Teológica, quando o artista, a um certo ponto, canta: “Holiness is Christ in me [A santidade é Cristo em mim]”. E não há mais nada a dizer.

“Preciso de ti, Senhor, preciso de ti, preciso de ti. Sempre mais. Preciso daquele que me criou e amou com todo Amor impossível.”

“Lord, I Need You” é como a alma da expressão musical. Cecilia nasce com esta canção.

A música “Lord, I Need you” integra o álbum “Saint and sinners”.

Manuel de Teffé
Cecilia Artistic Director

 

copyright matt maher

 

Boletim
Receba Aleteia todo dia