Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 17 Abril |
Santa Catarina Tekakwitha
home iconAtualidade
line break icon

ONU lamenta perdas civis ‘assustadoras’ no Iraque

<p>Bandeira do grupo jihadista Estado Islâmico hasteada do outro lado da barreira que marca a primeira linha dos confrontos entre peshmerga curdos e militanyes islamitas em Rashad, Iraque</p>

Agências de Notícias - publicado em 20/01/16

O EI continua a submeter mulheres e crianças a violência sexual, em particular na forma de escravidão sexual

A ONU lamentou nesta terça-feira as “perdas civis assustadoras” no Iraque, com cerca de 19.000 vítimas em quase dois anos.

Em um relatório, as Nações Unidas denunciam o impacto “grave e generalizado” do conflito no Iraque sobre os civis, com 18.802 mortos e 36.245 feridos entre 1º de janeiro de 2014 e 31 de outubro de 2015.

Além disso, 3,2 milhões de pessoas foram deslocadas no interior do país desde janeiro de 2014, mais de um milhão de crianças.

E os números reais podem ser muito piores do que os documentados, alerta a ONU.

O sofrimento dos civis no Iraque é “terrível”, aponta o relatório da Missão das Nações Unidas de Assistência para o Iraque (UNAMI) e do Escritório das Nações Unidas para os Direitos Humanos.

Eles acreditam que o grupo Estado Islâmico (EI) “continua a perpetrar a violência e cometer abusos contra o direito internacional dos direitos humanos ou do direito humanitário internacional de maneira sistemática e em larga escala”.

“Estas ações podem, em alguns casos, constituir crimes de guerra, crimes contra a humanidade e genocídio, possivelmente”, acrescenta o relatório.

O EI continua a submeter mulheres e crianças a violência sexual, em particular na forma de escravidão sexual, indica o relatório.

O representante especial da ONU para o Iraque, Jan Kubis, declarou que, “apesar das perdas sofridas regularmente frente as forças pró-governo, o flagelo que representa o EI continua a matar, mutilar e deslocar milhares de civis iraquianos e causar um sofrimento indescritível”.

Ele “reitera veementemente o meu apelo a todas as partes em conflito a garantir que os civis sejam protegidos contra a violência”.

O alto comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Ra’ad Zeid Al Hussein, advertiu, por sua vez, que o número de vítimas civis poderia ser muito maior e pediu medidas urgentes para acabar com a impunidade desfrutada pela grande maioria dos agressores.

“Mesmo este balanço indecente de vítimas não reflete com precisão o sofrimento vivido pelos civis no Iraque. Estes números estabelecem o número de pessoas diretamente mortas ou mutiladas pela violência, mas inúmeras outras pessoas morreram pela falta de acesso a alimentos, água ou cuidados básicos de saúde”, ressaltou o comissário.

“Este relatório expõe o sofrimento duradouro de civis no Iraque e ilustra claramente do que os refugiados iraquianos fogem ao partir em direção a Europa e outras regiões. Este é o horror que eles enfrentam no seu país de origem”, explicou.

O alto comissário também apelou ao governo para tomar as medidas necessárias para conceder aos tribunais iraquianos competência para julgar crimes internacionais.

A descoberta de várias valas comuns também está documentada no relatório, inclusive em áreas que estavam sob o controle do EI ​​e que foram recuperadas pelo governo.

Algumas valas datam da era de Saddam Hussein. Uma delas guarda 377 corpos, incluindo corpos de mulheres e crianças mortas nas revoltas xiitas de 1991 contra Saddam Hussein na região de Basra.

(AFP)

Tags:
Mundo
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens poderosas
2
Pe. Zezinho
Reportagem local
Não desprezem o templo nem posem de católicos avançados, alerta o...
3
MIGRANT
Jesús V. Picón
O menino perdido no deserto nos convida a refletir
4
SPANISH FLU
Bret Thoman, OFS
Como o Padre Pio encarou a pandemia de gripe espanhola
5
MARY, CRUSH, SNAKE
Desde la Fe
10 poderosas armas para lutar contra o demônio
6
Frei Jorge e o cãozinho frei Carmelito
Francisco Vêneto
Humanizar os animais não é amá-los, pois desrespeita sua natureza...
7
Aleteia Brasil
Havia um santo a bordo do Titanic?
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia