Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 25 Janeiro |
Conversão de São Paulo
home iconReligião
line break icon

O futuro do islã passa pela urgente reforma da sua estreita relação com a política

UN Photo/Eric Kanalstein

María Angeles Corpas - publicado em 21/01/16

Um quebra-cabeça que envolve muitas peças, como Irã, Arábia Saudita e... a Igreja católica

O futuro do islã depende de uma redefinição que precisa nascer do próprio mundo islâmico: a da relação entre religião e política, tão estreitamente unidas na sua visão de mundo. A reforma das sociedades muçulmanas precisa de formas de governo que respeitem a tradição, mas que também respeitem a evolução humana, evitando, ao mesmo tempo, o fundamentalismo e o laicismo.

A assimilação de modos ocidentais de governo e a interpretação do alcorão com liberdade e bom senso tem se alternado, nas últimas décadas, com a tendência contrária: um fechamento cuja origem está no fundamentalismo sunita e wahabita e cujas tendências se estendem pelos mesmos canais em que correm enormes somas de capital internacional, financiador de mesquitas majestosas que difundem as visões fundamentalistas pelo mundo.

É um fenômeno que afeta profundamente a prática do islã entre povos que se veem apoiados pela Arábia Saudita em troca de abraçar um islamismo de corte saudita – entrando em choque, assim, com o xiismo iraniano.

Acontece que o Irã também tem sido, há décadas, a imagem de um islã integrista, e é assim que ele é visto pelo Ocidente até hoje. Para muitos ocidentais, portanto, pode parecer impossível de acreditar, mas, atualmente, o islã xiita está mais aberto ao espírito crítico do que o wahabismo saudita. Embora minoritários, os imãs xiitas vêm se formando em assuntos culturais diversos.

A influência saudita no extremismo islâmico

Conforme explica o pe. Samir Khalil Samir, o Estado Islâmico não é um movimento nascido por “geração espontânea”, mas a consequência direta dos ensinamentos wahabitas difundidos por muitas universidades islâmicas. São ensinamentos que nutrem o jihadismo. O islã de raiz wahabita é totalitário: carece de uma visão ampla e tolerante do islã e ignora a “atualização” do pensamento.

Os progressos do diálogo inter-religioso

A Igreja católica tem construído pontes de diálogo com alguns “blocos” do complexo mundo islâmico. Consciente da urgência dessa comunicação, o Fórum Católico-Muçulmano, composto pelo Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-Religioso e por uma delegação dos 138 signatários muçulmanos, trabalhou em 2008 na elaboração dos textos “Fundamentos Teológicos e Espirituais” e “Dignidade Humana e Respeito Mútuo”, cujo resultado foi o documento “Uma palavra comum”. Estabeleceu-se, ainda, a comissão permanente católico-muçulmana para oferecer respostas a conflitos e situações de emergência, em especial num mundo secularizado que concebe a religião mais como problema do que como solução.

Tags:
DiálogoMuçulmanosPolítica
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Aleteia Brasil
5 milagres que a ciência tentou, mas nunca conseguiu explicar
2
Larry Peterson
Ela se divorciou duas vezes, teve 8 filhos, virou freira e levou ...
3
FETUS
Francisco Vêneto
Abortos no mundo em 2021 já superam mortes por covid em toda a pa...
4
FAMILY PRAY
Philip Kosloski
Oração para manter as crianças longe do perigo
5
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fátima - e uma interpret...
6
Daniel Neves e Nossa Senhora dos Rins
Francisco Vêneto
Nossa Senhora dos Rins e a devoção de um menino que pede a graça ...
7
Aleteia Brasil
O testemunho de São Sebastião, o soldado mártir do Império Romano
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia