Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 18 Outubro |
São Lucas
Aleteia logo
home iconAtualidade
line break icon

Presidente de Burkina Faso promete encontrar casal australiano sequestrado

<p>O chefe do Estado-Maior de Burkina Faso, general Nabere Honore Traore (dir.), e o líder da oposição Zephirin Diabre se reúnem em 5 de novembro de 2014, no aeroporto de Uagadugu</p>

Agências de Notícias - publicado em 26/01/16

O presidente de Burkina Faso, Roch Marc Christian Kaboré, prometeu nesta segunda-feira “fazer tudo o possível” para encontrar o casal australiano sequestrado por jihadistas em meados de janeiro em Djibo, no norte do país.

“Sobre o casal Elliot, os dois reféns australianos raptados por sequestradores na madrugada de 16 de janeiro em Djibo (na fronteira com o Mali e o Níger), eu gostaria de tranquilizar suas famílias e o governo australiano de que tudo está sendo feito em conjunto com nossos vizinhos e amigos no Mali e Níger, e os nossos parceiros estrangeiros para encontrá-los”, disse Kaboré.

O chefe de Estado falava durante uma cerimônia de homenagem nacional às vítimas dos ataques de 15 de janeiro contra um café-restaurante em Uagadugu, que matou 30 pessoas, contra policiais em Tin-AKoff (norte), que deixou dois mortos, e o sequestro do casal.

Originários de Perth, Arthur Kenneth Elliot (82 anos) e Josephine (84) viviam em Burkina Faso desde 1972 e participavam de operações humanitárias às populações da província de Soum e dos países vizinhos do Mali e do Níger.

Cirurgião, o doutor Elliot dirige uma clínica que emprega doze pessoas, todas da província. Os habitantes de Djibo, que apreciavam particularmente o casal, estão mobilizados para exigir a libertação dos “seus” compatriotas através da organização de vários eventos e, em particular, através da criação de uma página no Facebook.

O sequestro foi reivindicado pelo Ansar Dine, um grupo jihadista do ex-líder rebelde tuaregue malinense Iyad Ag Ghaly, aliado da Al-Qaeda no Magreb Islâmico (Aqmi).

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Pe. Zezinho
Reportagem local
Pe. Zezinho faz alerta sobre orações de cura e libertação
2
AVENIDO BROTHERS
Agnès Pinard Legry
Três irmãos são ordenados padres no mesmo dia
3
MARRIAGE
Matrimonio cristiano
Beijar a aliança todos os dias: uma indulgência especial aos casa...
4
COMMUNION
Philip Kosloski
Oração ao seu anjo da guarda antes de receber a comunhão
5
Aleteia Brasil
O segredo da cidade bósnia onde jamais houve um divórcio
6
Reportagem local
O grande crucifixo submerso que só pode ser visto quando o lago c...
7
VENEZUELA
Ramón Antonio Pérez
Quando a vida surge do abuso atroz a uma jovem deficiente
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia