Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 19 Abril |
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Custo da guerra na Síria chega a US$ 35 bilhões, diz Banco Mundial

8982e4f29abee45e68cf8b551c6459ef4de40d9c.jpg

Agências de Notícias - publicado em 05/02/16

O custo econômico da guerra na Síria e de sua repercussão nos países da região chega a cerca de 35 bilhões de dólares – de acordo com estimativas divulgadas pelo Banco Mundial nesta quinta-feira.

Esse valor representa o déficit econômico da Síria e de um grupo de cinco países – Turquia, Líbano, Jordânia, Egito e Iraque – afetados mais ou menos diretamente pelo conflito sírio.

Desde 2011, já são 260.000 mortos no país.

O cálculo não leva em conta os recursos destinados pelos países vizinhos para fornecer serviços básicos aos refugiados que chegaram ao Líbano e à Jordânia em particular, acrescenta o Banco Mundial.

Incluída em um relatório trimestral sobre o Oriente Médio, essa estimativa é publicada no mesmo dia, em que a comunidade internacional se comprometeu em Londres a desbloquear mais de 10 bilhões de dólares até 2020 para ajudar os sírios.

Segundo o Banco Mundial, o custo acumulado dos danos materiais, como transportes, saúde e educação, registrados em seis cidades sírias fica entre 3,6 bilhões e 4,5 bilhões de dólares.

Os países vizinhos enfrentam, por sua vez, “uma imensa pressão orçamentária”, no momento em que suas economias já se encontram submetidas a grandes tensões, aponta o banco.

O Banco Mundial estima que o custo da ajuda aos refugiados chegue a 2,5 bilhões de dólares somente no Líbano.

Tags:
Mundo
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia