Aleteia
Sábado 24 Outubro |
São Maglório
Religião

Em que momento a alma se separa do corpo?

Veritatis Splendor - publicado em 05/02/16

Será no momento em que o coração para de bater? No momento em que cessa a atividade cerebral?

Esta questão está se tornando cada vez mais importante hoje em dia, já que muitas vezes é possível estender a vida física além do ponto em que, antigamente, seria totalmente impossível. Desta forma, a cessação das batidas do coração não é mais vista como o ponto da morte, uma vez que reversível; por outro lado, a cessação da atividade cerebral normalmente é tida por irreversível pela tecnologia moderna.

A questão de “quando” a alma deixa o corpo passa a ser importante porque existem certas coisas que alguém faria com um corpo morto (p.ex.: sepultá-lo) e que não faria com uma pessoa viva. O mesmo seria verdade quanto ao corpo vivo que “não é mais pessoa” (se é que isso poderia acontecer!). Ainda que alguém o tratasse com respeito, em consideração com a pessoa que ele foi (assim como quando alguém guarda um chumaço do cabelo daquele ente querido que faleceu), geralmente acaba não o tratando como se fosse aquela pessoa.

Assim, por exemplo, algumas pessoas sugeririam a realização da eutanásia (assassinato deliberado) em um corpo vivo que já não é visto como pessoa. Se a alma tiver deixado o corpo, então isto não poderia ser tido como assassinato; porém, se ela ainda estiver ali, então o ato seria de assassinato, pois um ser humano inocente teria sido morto deliberada e intencionalmente.

Eu resolvi escrever estas linhas porque recentemente a minha mãe faleceu, em idade bem jovem, devido a um aneurisma cerebral totalmente inesperado e imprevisível, com o qual nasceu e que não era do conhecimento de ninguém. Certo dia, por volta das 15:00 horas, ela passou mal enquanto ligava para o consultório médico, pois estava tendo visão dupla; e por volta das 17:00 do dia seguinte, faleceu. Felizmente, eu fui capaz de rapidamente viajar de avião para Fayetteville (Arkansas, EUA), chegando a tempo para passar várias horas ao seu lado, falando [unilateralmente] com ela. Eu também fiquei certo da sua salvação.

Embora em momento algum tenha aparecido a sugestão de se cometer eutanásia, enquanto ela ainda vivia, alguém me sugeriu, como conforto, que sua alma teria deixado o corpo no dia anterior, por volta das 15:00 horas, quando ela perdeu a consciência.

Sob essas circunstâncias, eu não iniciei um debate, mas atualmente vejo que essa atitude foi errada. A perda da consciência não significava a perda da alma, caso contrário alguém poderia perder a alma sempre que adormecesse (ou, pelo menos, sempre que estivesse sob os efeitos de anestesia geral, quando nem sonhar pode).

A Bíblia implicitamente nos informa o momento em que a alma deixa o corpo quando diz: “Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também a fé sem obras é morta” (Tiago 2,26). Então, quando é que o corpo morre? Quando ele é afastado da alma. E quando é que a alma o deixa? No ponto da morte.

Isto reflete um fato básico de antropologia teológica cristã: a alma não é apenas uma coisa que habita o corpo; é o princípio vital do corpo, a forma substancial do corpo; eis porque quando a alma deixa o corpo, o corpo morre e se desintegra, perdendo a forma integral que o mantinha unido [à alma]. O mesmo é verdade para as partes do corpo; quando a alma deixa uma parte do corpo (ou é forçada a deixá-lo devido a um ferimento grave), aquela parte morre e se desintegra (p.ex: devido a gangrena ou amputação).

O ponto em que a alma deixa o corpo é aquele em que a ciência médica se refere como “morte somática” ou “morte corporal” (“soma” é a palavra grega empregada para “corpo”). Quando o corpo, como uma entidade única, morre – não apenas quando algumas células dele morrem ou quando alguns órgãos dele morrem (ainda que seja o cérebro ou o coração, apesar que a morte destes normalmente acaba levando à morte todo o corpo) – então é aí que a alma o deixa.

Algumas células do corpo (como os folículos do cabelo e as unhas dos dedos) podem continuar “vivendo” por mais algum tempo (assim como uma célula consegue viver por algum tempo quando extraída do corpo), mas o corpo em si, como um todo, como um sistema, está morto e é quando sabemos que a alma o deixou. Até esse momento, o corpo vivo deve ser tratado com todo o respeito, pois ainda que a pessoa esteja inconsciente é – ele ou ela – uma pessoa viva. Com efeito, ele ou ela não poderão ser assassinados pela eutanásia.

(via Veritatis)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Morte
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Papa Pedro João Paulo II Bento XVI Francisco
Reportagem local
Pedro, João Paulo, Bento e Francisco: 4 Papas...
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia