Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 16 Agosto |
Bem-aventurado Gabriel Maria de Benifayó
Aleteia logo
Religião
separateurCreated with Sketch.

Cardeal Tagle: “Esmola? Sigamos o exemplo dos budistas”

18339scr.jpg

Vatican Insider - publicado em 01/03/16

"Devemos aprender com eles, procurar ajuda não para nós, mas para os outros"

“Este ano especial do Jubileu da Misericórdia, como declarou o Papa Francisco na Bula de Proclamação Misericordiae vultus, vai além das fronteiras da Igreja Católica”. Foi o que explicou o cardeal arcebispo de Manila, Luis Antonio Tagle, falando na Universidade Gregoriana, na apresentação do livro “Religion and politics“.

“Em primeiro lugar – disse o prelado filipino – a Igreja convidou a mostrar misericórdia não só para com os seus próprios membros, mas também para aqueles que estão além de suas fronteiras. Para reconhecer o irmão sobretudo naqueles que sofrem, nos necessitados”. “Penso nas vítimas de injustiças – continuou Tagle -, elas são vítimas da falta de misericórdia. É preciso, portanto, ocupar-se com todas essas pessoas, são nossos irmãos”.

Um segundo aspecto, acrescentou o cardeal de Manila, é que “somos convidados a olhar para além das próprias tradições religiosas, para o que é a misericórdia nessas outras tradições, para estudar como as várias religiões concebem a misericórdia e o que podem ensinar a Igreja em termos precisamente de misericórdia”.

Sobre isto o cardeal deu um exemplo eloquente: “Penso nos monges budistas, que circulam pelas cidades, pedindo comida, em seguida, uma vez recolhida, eles a colocam numa mesa à disposição dos mais pobres. Assim, eles pedem esmolas não para si mesmos, mas para os pobres, e somente se sobrar alguma coisa, no final, poderão comer também eles”.

“Devemos aprender com eles – sublinhou Tagle -, procurar ajuda não para nós, mas para os outros, e tocar assim os corações das pessoas. Isto é o que fez Jesus, mas é uma prática budista, que nos faz, porém, descobrir o que fez Jesus”.

O cardeal convidou enfim a olhar para a África, “onde existem muitas famílias com marido e esposa de diferentes religiões, situações onde precisa ser muito misericordioso”. “A Família – concluiu – pode ser então escola de misericórdia, em particular no que respeita às famílias inter-religiosas”.

(IHU)

Tags:
Livros
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia