Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Frei Antonio Moser morre durante assalto no Rio de Janeiro

www.antoniomoser.com
Compartilhar

Assaltantes balearam o frei Antonio Moser em uma tentativa de assalto na Rodovia Washington Luiz, na Baixada Fluminense

O frei Antônio Moser, de Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro, foi morto a tiros, na manhã desta quarta-feira.

Ele foi abordado por assaltantes na Rodovia Washington Luiz, na altura de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense.

O crime aconteceu por volta das 6h10m, na pista sentido Rio da estrada. Mesmo ferido, o religioso, de 75 anos, ainda conseguiu dirigir o Honda Civic prata até o acostamento. Os bandidos, que estariam de moto, conseguiram fugir.

Equipes da Concer foram até o local e chegaram a chamar uma ambulância, mas o frei já estava morto. O caso será investigado pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF).

O Ministro Provincial dos franciscanos, Frei Fidêncio Vanboemmel, pediu orações e lamentou a morte trágica de Frei Moser: “A dura realidade que povoa com frequência os nossos noticiários bate à nossa porta. Com susto e tristeza recebemos a notícia da partida repentina de um irmão, vítima da violência que infelizmente tem se tornado cada vez mais comum. Frei Antônio Moser sempre teve como marcas o entusiasmo e a determinação. Atuou em muitas frentes simultaneamente, desde o estudo e a pesquisa, o trabalho pastoral, as aulas, conferências, o trabalho na comunicação, a dedicação a obras sociais. Especialmente nas décadas de 1970 e 1980, dedicou-se de corpo e alma ao pastoreio de comunidades da Baixada Fluminense, atuando na formação do povo e na construção de igrejas. Hoje, infelizmente, devolvemos a Deus a vida deste irmão, vítima de assassinato na mesma Baixada que tanto amou. Que sua partida leve toda a sociedade a buscar caminhos alternativos, que vençam a violência e a dor, que suplantem a injustiça e a morte, que abram para o mundo um horizonte de esperança. Para nossa Província fica um vazio e aumenta nossa responsabilidade em levar adiante o legado por ele deixado”.

Antônio Moser era diretor-presidente da Editora e do Editorial Vozes, professor de Teologia Moral e Bioética no Instituto Teológico Franciscano (ITF), em Petrópolis. Ele também era Pároco da Igreja de Santa Clara e diretor do Centro Educacional Terra Santa. No site dele há foto de um encontro com o Papa Francisco.

O religioso escreveu 27 livros e participou como co-autor de diversas obras e artigos científicos em revistas nacionais e revistas internacionais. Desde 2005 ele era convidado permanente para o programa semanal “Em Pauta” , da TV Canção Nova, onde são discutidos os mais variados temas relacionados com a ética.

(Fontes: Ordem dos Frades Menores / ITF)

Tags:
Morte