Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Como vencer a procrastinação?

Compartilhar

O segredo para cumprir suas tarefas com eficácia e nunca mais deixar as coisas para a última hora

VOCÊ PRECISA PROVAR A SI MESMO QUE PODE FAZER ISSO.

Você precisa mostrar para si mesmo que pode fazer isso, e não apenas dizer para si mesmo. As coisas mudarão quando você mostrar a si mesmo que elas podem mudar. Até lá, você não acreditará nisso, e nada mudará. Pense em você como um artilheiro de futebol que há tempos não faz um gol. Para jogadores de futebol, tem tudo a ver com confiança, e um artilheiro que há tempos não faz gol pode dizer a si mesmo mil vezes “sou um grande artilheiro, vou fazer o próximo gol”, mas não é antes de ele realmente fazer um gol que sua confiança voltará e ele retomará sua habilidade de volta.

Então como começamos a golear?

1) Tente internalizar o fato de que tudo o que você faz é uma escolha.

Comece pensando sobre os termos que usamos neste artigo, e se eles são razoáveis para você, escreva-os. Parte da razão pela qual eu dei nomes a muitos desses sentimentos e fenômenos (o Macaco da Gratificação Instantânea, o Tomador de Decisões Racionais, o Monstro do Pânico, o Playground das Trevas, Obscurecência, Tijolos, a Entrada Crítica, a Floresta Negra, o Ponto Decisivo, o Playground Feliz, Fluxo, seu Roteiro) é que nomes ajudam a clarear a realidade das escolhas que você faz. Isso ajuda a expor más escolhas e ressaltar o momento em que é mais crítico fazer boas escolhas.

2) Invente métodos para ajudar a derrotar o macaco.

Alguns métodos possíveis:

  • Peça ajuda externa, explicando a um ou mais amigos ou familiares o objetivo que você está tentando alcançar, e peça a eles que mantenham você compromissado. Se for difícil por qualquer razão, envie um e-mail para mim – sou um estranho (contact@waitbutwhy.com) – e simplesmente digitar seu objetivo e mandar para uma pessoa real tornará a meta mais real (alguns especialistas argumentam que dizer a pessoas de sua vida sobre uma meta pode ser contraprodutivo, então isso depende da situação particular).
  • Crie a oportunidade para um Monstro do Pânico, se já não existe alguma – se você está tentando gravar um álbum, agende um show para alguns meses adiante, reserve um local e envie um convite para um grupo de pessoas.
  • Se você realmente quer começar um negócio, deixar seu emprego tornará o Monstro do Pânico o novo morador do seu lar.
  • Se você está tentando escrever de forma consistente em um blog, coloque “publico um novo post todas as Quintas” no topo de sua página principal.
  • Deixe recados para você mesmo, lembrando que deve fazer boas escolhas.
  • Coloque um alarme para lembrar do início de uma tarefa, ou para recordar o que está em jogo.
  • Minimize as distrações de todas as formas possíveis. Se a TV é um sério problema, venda sua TV. Se a internet é um sério problema, arrume um segundo computador cujo Wifi está desabilitado, e coloque seu celular no Modo Avião durante as sessões de trabalho.
  • Crie um caminho sem volta para você, como fazer um depósito não restituível para aulas ou mensalidade em um curso.

E se os métodos que você estabeleceu não estiverem funcionando, mude-os. Coloque um lembrete mensal que diz “A coisas melhoraram? Se não melhoraram, mude seus métodos”.

3) Foque no progresso lento e consistente – livros são escritos uma página por vez.

Da mesma forma que grandiosas realizações ocorrem pequeno tijolo por pequeno tijolo, um hábito profundamente arraigado como a procrastinação não muda de uma hora para outra, mas sim com uma modesta melhora por vez. Lembre-se, tudo isso tem a ver com mostrar a si mesmo o que você pode realizar, então o segredo não é ser perfeito, mas simplesmentemelhorar. O autor que escreve uma página por dia escreveru um livro após um ano. O procrastinador que melhora um pouco a cada semana é uma pessoa totalmente transformada um ano depois.

Portanto não pense sobre ir de A até Z – apenas comece de A até B. Mude o Roteiro de “eu procrastino em cada tarefa que faço” para “uma vez por semana eu cumpro uma tarefa sem procrastinar”. Se você puder fazer isso, você criará uma tendência. Eu ainda sou um miserável procrastinador, mas definitivamente estou melhor do que estava um ano atrás, então me sinto esperançoso sobre o futuro.

Porque eu penso nesse assunto tanto, e porque acabo de escrever um artigo de 19.000 páginas sobre isso?

Porque derrotar a procrastinação é o mesmo que ganhar o controle de sua própria vida. Muito daquilo que faz as pessoas felizes ou infelizes – seu nível de realização e satisfação, sua auto-estima, os arrependimentos que carregam consigo, o quanto de tempo livre possuem para dedicar a seus relacionamentos – está estreitamente vinculado a procrastinação. Então compensa demais levar esse assunto a sério, e o tempo para começar a melhorar é agora.

 

(Originalmente publicado em Ano Zero)

Páginas: 1 2 3 4

Tags:
tempo
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.