Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Compor músicas de adoração sem esquecer quem adoramos

Compartilhar

Soar (Voar)

Clique aqui para abrir a galeria de fotos

É um desafio que todo artista enfrenta: como apresentar a mesma música todos os dias com o mesmo entusiasmo?

Agora pense nos músicos que dirigem grupos de adoração. Como adorar com o mesmo espírito e intensidade, usando como um dos instrumentos de adoração aquela mesma música de todos os dias?

Como muitos artistas apresentados aqui em Cecilia, a premiada Meredith Andrews enfrentou o mesmo desafio. “Eu nunca imaginei que pudesse compor músicas de adoração, mas era o que mais desava, já que eu dirijo um grupo de adoração. Então comecei a perguntar a Deus sobre isso, dizendo que eu não queria gravar canções apenas por gravar, mas que fossem de alguma forma ecos do Seu coração”.

Para todos nós, isso serve de recordação para, além de orar com as músicas dos artistas católicos, também rezar por eles, para que se realizem em sua árdua missão.

Para ouvir as canções de Maredith, acesse o iTunes.

Libby Reichert