Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Domingo 17 Janeiro |
home iconAtualidade
line break icon

Resolução do conflito com separatistas na Ucrânia pode levar anos

Agências de Notícias - publicado em 21/04/16

A resolução do conflito com os separatistas no leste da Ucrânia levará “anos”, disse nesta quarta-feira o ministro de Defesa ucraniano, Stepan Polotorak, que denunciou que Moscou continua tendo soldados deslocados em seu território.

“A única decisão correta era a resolução política deste conflito”, disse Poltorak em entrevista concedida a vários meios, entre eles a AFP, em que admitiu que o processo “vai levar anos”.

O uso da força implica “perdas humanas, desgraça e grandes prejuízos para a economia”, afirmou o ministro, em um momento em que dois anos depois de iniciado o conflito foram registrados 9.200 mortos e mais de um milhão e meio de deslocados.

O ministro acusou Moscou de manter mais de 7.000 soldados no leste da Ucrânia e continua abastecendo os rebeldes com “armas e combustível”.

Apesar de que, desde setembro, vigora uma trégua respeitada em grande medida, Poltorak advertiu que sempre existe o risco de que volte a haver confrontos, embora tenha destacado que a capacidade dos rebeldes de lançar uma ofensiva maior continuem sendo “limitadas”.

O acordo assinado em Minsk em fevereiro de 2015 pôs fim à violência em grande medida, mas não conseguiu estabelecer uma solução que defina o estatuto das regiões rebeldes.

Tanto Kiev quanto as potências ocidentais acusam Moscou de apoiar os rebeldes e de ter deslocado suas tropas na Ucrânia, mas a Rússia nega qualquer envolvimento militar no conflito.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fáti...
UNPLANNED
Jaime Septién
Filme contra o aborto arrasa nas bilheterias ...
BABY BAPTISM
Padre Reginaldo Manzotti
Por que é tão importante batizar uma criança?
Deserto de Negev
Francisco Vêneto
Pedra de 1.400 anos com inscrição mariana é e...
KRZYŻYK NA CZOLE
Beatriz Camargo
60 nomes de bebês que carregam mensagens pode...
Reportagem local
Papa Francisco: cuidado com os cristãos que s...
POPE JOHN PAUL II
Philip Kosloski
"Não tenhais medo": a frase mais usada por Sã...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia