Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sábado 20 Abril |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Utah, primeiro Estado norte-americano a declarar a pornografia um problema de saúde pública

pornografia.jpg

Jaime Septién - Aleteia Brasil - publicado em 25/04/16

Medida quer aumentar a consciência sobre o problema e destacar a importância da educação para preveni-lo

O governador de Utah, o republicano Gary Herbert, 68, pai de seis filhos, virou manchete nos EUA por assinar a primeira resolução que qualifica a pornografia como problema de saúde pública, com múltiplas implicações para a sociedade e para as famílias.

Herbert, que é mórmon assim como a maioria da população do Estado, é governador de Utah desde 2009. Formado na Universidade Brigham Young, ele trabalhou como agente imobiliário em Salt Lake City antes de entrar na política.

Utah se torna agora o primeiro Estado no país a promover uma iniciativa desta natureza, devido, segundo Herbert, à “crise de saúde pública” provocada pelo alto consumo de pornografia. Os Estados Unidos são o maior produtor e consumidor de conteúdo pornográfico no mundo.

Contra a coisificação e o tráfico de gente

A declaração do governador não tem validade legal nem proíbe a pornografia no Estado de Utah; no entanto, mostra qual é a posição do governo estadual quanto a essa “indústria”.

O governador reafirma a importância da educação tanto para prevenir quanto para pesquisar os efeitos da exposição à pornografia. Ele destaca ainda a necessidade de se aumentar a consciência sobre os preconceitos alimentados principalmente em relação às mulheres, utilizadas como “objetos e matéria-prima” do consumidor de pornografia, bem como sobre os direitos das crianças, já que o bilionário mercado da pornografia aumenta o tráfico e o uso de crianças como objetos sexuais.

Gary Herbert enfatizou também que os profissionais de informática do Estado são obrigados a informar às autoridades toda vez que descobrirem qualquer espécie de comunicação que contenha pornografia infantil.

Estudos realizados anteriormente por diversos pesquisadores já apontavam as consequências devastadoras do vício em pornografia, tanto para a psicologia de quem sofre do vício quanto para as pessoas com quem se mantêm relações afetivas, familiares, sexuais e sociais.

Aleteia sugere a leitura complementar dos seguintes artigos já publicados no site:

Os 3 níveis de estrago da pornografia

Pornografia: qual é o dano?

Quando o seu marido é viciado em pornografia

Querido papai: vamos falar do seu vício em pornografia?

Por que ainda há pessoas que trabalham na indústria da pornografia?

O dia em que eu troquei a pornografia pelo amor verdadeiro

Tags:
PornografiaSaúdeVícios
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia