Aleteia logoAleteia logoAleteia
Terça-feira 24 Maio |
São Desidério
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Forte queda de combatentes estrangeiros na Síria e no Iraque

ISIS Forces 05 – Daech – Daeech – Daesh – isis flag – Screenshot – pt

© Al Furqan

Agências de Notícias - publicado em 27/04/16

O número de combatentes estrangeiros que entram na Síria e no Iraque caiu fortemente no último ano – afirmou o general americano Peter Gersten.

Ele explicou aos jornalistas no Pentágono que, quando chegou a Bagdá há cerca de um ano, entre 1.500 e 2.000 combatentes estrangeiros se uniam a cada mês ao grupo Estado Islâmico (EI).

“Agora, depois de combater este inimigo durante um ano, nossas estimativas caíram para 200 por mês, e vemos, inclusive, um aumento das deserções desses combatentes”, declarou Gersten.

Gersten disse ainda que as Forças Armadas americanas lançam ciberataques contra o EI, no momento em que o Pentágono procura maneiras de acelerar a luta contra os extremistas.

A coalizão liderada pelos Estados Unidos tem bombardeado combatentes do EI no Iraque e na Síria desde agosto de 2014. Já há algum tempo oficiais americanos defendem a importância de usar técnicas cibernéticas, como sobrecarregar as redes do EI, para limitar as comunicações do grupo e sua capacidade de alcançar novos potenciais recrutas.

“Agora começamos a usar nossas extraordinárias capacidades virtuais nessa luta contra o Daesh (acrônimo do EI em árabe)”, disse Gersten, referindo-se apenas a um esforço “altamente coordenado”, que tem sido “bastante efetivo”.

Ele relatou que, antes de um ataque a um depósito em 5 de abril em Mossul (norte do Iraque), chegou a informação de que uma mulher, crianças e outros “não combatentes” também estavam no imóvel.

Decidiu-se, então, alertar os ocupantes, explodindo um míssil Hellfire perto do telhado, para que “ela e as crianças saíssem”.

“Depois, seguimos com nossas operações”, relatou.

“Embora tenhamos tentado fazer exatamente o que queríamos fazer e minimizar as vítimas civis com os disparos, ela de fato voltou ao edifício” e morreu, admitiu.

Na segunda-feira, pelo menos sete pessoas morreram em um atentado suicida contra um mercado de Bagdá. A autoria do ataque foi reivindicada pelo EI.

O presidente Barack Obama classificou o EI como “a ameaça mais urgente” para a comunidade internacional e anunciou o envio de 250 soldados adicionais à Síria para combatê-lo.

O EI controla vastos territórios no Iraque desde 2014, apesar de alguns setores terem sido recuperados pelas Forças Armadas iraquianas apoiadas pelos ataques aéreos da coalizão internacional.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia