Aleteia

Papa Francisco “flagrado” confessando livremente na Praça de São Pedro

[facebook url="https://www.facebook.com/IubilaeumMisericordiae.it/videos/1584315001860229/" /]
Compartilhar
Comentar

Como um sacerdote qualquer, ele ficou disponível para confessar os participantes do Jubileu dos Adolescentes – confira as imagens e relatos dos presentes

O Papa Francisco surpreendeu todos ao confessar, como um sacerdote qualquer, 15 jovens que chegaram à Praça de São Pedro para participar do Jubileu dos Adolescentes, por ocasião do Ano da Misericórdia, de 23 a 25 de abril de 2016.

Vários peregrinos que passavam pelo Vaticano não acreditavam no que viam: entre os 150 padres que confessavam na Praça, havia um vestido de branco, sentado em uma cadeira de plástico e “muito atento ao escutar”. “Esse é o Papa Francisco? Mas está ali confessando tranquilamente, como qualquer padre!”, exclamavam, surpresos.

Cerca de 70 mil adolescentes se reuniram em Roma para celebrar o Jubileu junto ao Papa, que quis cumprir um gesto pastoral de proximidade e acompanhar pessoalmente alguns deles, por meio do sacramento da Reconciliação.

Não é a primeira vez que o Papa faz algo assim. Na Jornada Mundial da Juventude (JMJ) do Brasil, ele confessou 5 jovens no parque Quinta da Boa Vista, do Rio de Janeiro, no ato mais íntimo e reservado programado para o dia 26 de julho de 2013.

Por outro lado, no dia 6 de janeiro de 2016, o Pontífice enviou uma mensagem aos adolescentes, convocando-os a participar ativamente do Jubileu da Misericórdia: “Crescer misericordioso significa aprender a ser corajoso no amor concreto e desinteressado, implica em tornar-se adultos tanto física quanto interiormente”.

Boletim
Receba Aleteia todo dia