Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sábado 23 Janeiro |
São Vicente Pallotti
home iconAtualidade
line break icon

Nova carnificina deixa ao menos 48 mortos em Bagdá

<p>Bombeiro tenta controlar as chamas e a fumaça após atentado com carro-bomba em Bagdá</p>

Agências de Notícias - publicado em 18/05/16

Novos atentados deixaram ao menos 48 mortos e mais de 100 feridos nesta terça-feira em Bagdá, atingida pela segunda vez em uma semana por ataques sangrentos atribuídos ao grupo Estado Islâmico (EI).

Mais de 150 pessoas, em sua maioria civis, foram mortas desde quarta-feira passada em ataques em locais públicos de bairros xiitas da capital iraquiana.

Esses atentados demonstram que as autoridades falharam em implementar medidas de segurança eficazes em Bagdá, apesar da ajuda da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos, que treina as forças iraquianas na luta contra o EI.

O ataque mais mortal, um atentado suicida com carro-bomba, atingiu o bairro predominantemente xiita de Sadr City, no norte de Bagdá, matando 21 pessoas, segundo fontes médicas e da segurança.

Ele foi reivindicado pelo EI em um comunicado em que confirma a operação.

Outro atingiu o bairro Shaab, no norte de Bagdá, matando pelo menos 19 pessoas.

O porta-voz do ministério do Interior, Saad Maan, informou que o ataque foi perpetrado por uma mulher-bomba.

Mas o EI, que também reivindicou este ataque, disse que foi cometido por um homem identificado como Abu Khattab al-Iraqi, que lançou granadas antes de detonar o seu cinto de explosivos.

Os ataques suicidas cometidos por mulheres são raros no Iraque, especialmente nos últimos anos. Em um dos mais mortais, duas mulheres iraquianas com deficiência mental mataram uma centena de pessoas em um mercado de Bagdá, em 2008.

Falhas de segurança

Um terceiro ataque cometido nesta terça-feira com um carro-bomba matou pelo menos três pessoas no distrito de Rashid, ao sul da capital, de acordo com as autoridades. Nenhum grupo reivindicou este último ataque.

Em 11 de maio, pelo menos 94 pessoas foram mortas em três atentados com carros-bomba em Bagdá, incluindo um em Sadr City, no dia mais mortífero na capital iraquiana este ano.

Este aumento da violência ocorre num momento em que o EI tem retrocedido no Iraque, onde assumiu o controle de grandes partes do território em 2014. Desde então, as forças iraquianas apoiadas pelos ataques da coalizão internacional recuperaram o controle de várias cidades, incluindo Ramadi e Tikrit, respectivamente ao norte e a oeste de Bagdá.

Mas os jihadistas seguem controlando importantes fortalezas, incluindo Mossul, a segunda maior cidade do país, e continuam sendo capazes de atacar Bagdá e outras partes do país.

Milhares de membros das forças de segurança iraquianas foram treinados e formados pela coalizão para lutar contra o EI, mas as falhas de segurança continuam sendo muito graves.

Detectores de explosivos, adquiridos pelas autoridades por vários milhões de dólares na década de 2000, continuam sendo amplamente utilizados no país, apesar de não funcionarem. O homem que os vendeu foi condenado por fraude a dez anos de prisão em 2013 em Londres.

Muitos também questionam a eficácia das barreiras policiais e militares nos arredores da capital, que provocam enormes engarrafamentos. A verificação dos documentos de identidade e a revista de veículos são feitos de maneira superficial.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Larry Peterson
Ela se divorciou duas vezes, teve 8 filhos, virou freira e levou ...
2
FETUS
Francisco Vêneto
Abortos no mundo em 2021 já superam mortes por covid em toda a pa...
3
Aleteia Brasil
5 milagres que a ciência tentou, mas nunca conseguiu explicar
4
Aleteia Brasil
O testemunho de São Sebastião, o soldado mártir do Império Romano
5
POPE AUDIENCE
Reportagem local
A oração de cura que pode ser dita várias vezes por dia
6
Aleteia Brasil
Na íntegra: as três partes do Segredo de Fátima - e uma interpret...
7
Daniel Neves e Nossa Senhora dos Rins
Francisco Vêneto
Nossa Senhora dos Rins e a devoção de um menino que pede a graça ...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia