Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 15 Agosto |
São Manuel Morales
Aleteia logo
Atualidade
separateurCreated with Sketch.

Otan rejeita integrar coalizão anti-EI, mas sinaliza com cooperação pontual

ccc50f931e7182a6c7209eff188e43eb88181184.jpg

Agências de Notícias - publicado em 19/05/16

A Organização do Tratado do Atlântico Norte descartou se unir, formalmente, à coalizão contra o Estado Islâmico (EI) no Iraque e na Síria, mas deixou em aberto a possibilidade de uma cooperação “prática” – afirmou o embaixador americano na Otan, nesta quarta-feira.

A coalizão é liderada pelos Estados Unidos.

“Concordamos em não entrar na categorização sobre se somos um membro formal da coalizão, ou não, e, simplesmente, superar essa questão e fazermos a pergunta mais prática sobre se há maneiras”, declarou o embaixador Douglas Lute, em uma entrevista coletiva na sede da Otan em Bruxelas.

Reunidos nesta quinta-feira e amanhã em Bruxelas, os 28 ministros das Relações Exteriores da Otan vão estudar “se há maneiras (…) para um apoio de capacidades e de outras capacidades (militares) de nicho para contribuir” com a coalizão, explicou Douglas Lute.

Uma das opções à mesa seria intensificar a formação de oficiais iraquianos, atualmente proposta pela Otan na Jordânia.

“Recebemos um pedido do primeiro-ministro (iraquiano), Al-Abadi, para estender nossa missão de treinamento no próprio Iraque”, explicou o secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, em conversa com a imprensa.

No final de abril, na Alemanha, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, falou na “necessidade de uma Europa forte, que carregue parte de seu fardo” da coalizão anti-EI, pedindo aos europeus e à Otan que “façam mais”. O pedido se referia, principalmente, à campanha aérea na Síria e no Iraque.

Na entrevista de hoje, Lute mencionou ainda missões de formação, ou de apoio ao setor da defesa e a reforma do Exército na Líbia, ou na Tunísia.

Segundo ele, os aviões de vigilância Awacs, usados pela Otan, também poderiam contribuir com a coleta de informações sobre o que acontece no céu sírio e iraquiano, mesmo se voarem apenas sobre território turco.

O embaixador americano afirmou, porém, que, nesse estágio, a medida não é necessário. A perspectiva desse deslocamento das aeronaves da Otan suscita fortes reservas em algumas capitais europeias.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

PT300x250.gif
Oração do dia
Festividade do dia





Envie suas intenções de oração à nossa rede de mosteiros


Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia