Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Alimente o seu espírito. Receba grátis os artigos da Aleteia toda manhã.
Inscreva-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

5 dos mais belos mosteiros do mundo!

Creative Commons / Flickr
Compartilhar

Deve-se à tradição monástica uma parte significativa da melhor arquitetura mundial

Para a tradição cristã, Deus é a Suma Beleza. Santo Agostinho, nas suas Exposições sobre os Salmos, escreveu que, acima da beleza interior do ser humano, está a Beleza do Deus Encarnado.

Não estranha, portanto, que seja bela a arquitetura cristã quando procura ser digna e “consciente” da sua missão de evocar a Beleza de Deus. Como pequena mostra, compartilhamos hoje estes cinco mosteiros que estão entre os mais belos do mundo.

1. O Mosteiro de Santa Catarina no Monte Sinai, Egito:

Ao pé do Monte Sinai, no sul da península homônima, fica o mosteiro ortodoxo grego de Santa Catarina. Um dos mais antigos do mundo, fundado no século VI e ativo ininterruptamente desde então, ele permite que os seus visitantes entrem na biblioteca também criada no século VI. Para alguns, trata-se da biblioteca mais rica do mundo depois da Vaticana, por causa do número e do valor dos manuscritos. Diz a tradição que o altar da capela bizantina em seu interior foi construído sobre as raízes da sarça ardente.

2. O Mosteiro de São Lourenço do Escorial, Espanha:

O Mosteiro de “San Lorenzo del Escorial”, a 45 quilômetros de Madri, foi chamado de oitava maravilha do mundo no século XVI. Foi construído em 1563 por Felipe II, filho do imperador Carlos V.

3. O Mosteiro de Barsana, Romênia:

O mosteiro romeno do vilarejo de Barsana une modelos arquitetônicos ocidentais e orientais. O complexo foi construído em madeira e de acordo com a tradição local: não há pregos na construção, nem foram utilizadas ferramentas elétricas. A igreja do mosteiro de Barsana é listada pela UNESCO como Patrimônio Mundial da Humanidade.

4. O Mosteiro de Rila, Bulgária:

Fundado no século X por São João de Rila, conhecido também como Ivan Rilski, o mosteiro se localiza no Monte Rila, oeste da Bulgária, a cerca de 120 quilômetros da capital, Sófia. Entre outros destaques, o monumento é um símbolo da resistência cultural búlgara contra o Império Otomano e, depois de séculos de ocupação, se manteve como a imagem do sentimento de identidade búlgaro. Em 1983, foi declarado Patrimônio Mundial pela UNESCO.

5. Os mosteiros de Meteora, Grécia:

Os mosteiros de Meteora estão localizados na Tessália, norte da Grécia, perto da cidadezinha de Kalambaka, no vale do rio Peneu. São habitados desde o século XIV e entraram na lista do Patrimônio Mundial da Humanidade em 1988.

Boletim
Receba Aleteia todo dia
São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.