Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 30 Outubro |
Santo Angelo de Acri
home iconAtualidade
line break icon

Por que acreditamos em tudo que vemos na internet?

Daniel R. Esparza - publicado em 26/05/16

A proliferação de falsas notícias em redes sociais está crescendo

Frases atribuídas a Einstein, ao Papa Francisco, Spinoza ou Mandela; ameaças de tempestades de neve no verão; anúncios de produtos incomuns e pedidos desesperados de ajuda para causas (e pessoas) inexistentes preenchem as redes sociais. E todos nós, alguma vez, caímos na tentação de compartilhar certas coisas sem parar, pelo menos por um momento, para confirmar se a informação é ou não confiável.

The Daily Dot explica, em um artigo recente, por que caímos tão facilmente neste tipo de engano.

  1. Nós não lemos o conteúdo dos artigos que compartilhamos, antes de fazê-lo. Parece mentira, mas é verdade: a maioria dos usuários somente lê as manchetes e logo depois comenta ou compartilha, sem ter ideia do conteúdo do texto.
  2. Nós ignoramos as fontes das notícias que compartilhamos. Os portais (o mesmo que as pessoas) que têm poucas visitas ou seguidores na web deveriam nos fazer suspeitar. Nada que não possa ser corrigido com uma simples pesquisa no Google para confirmar ou descartar as informações.
  3. Viés de confirmação: como uma regra, estamos dispostos a aceitar como verdade um título ou uma nota confirmando nossas próprias convicções e desejos. Ao vermos uma nota que apoie as nossas opiniões, deveríamos ser duas vezes mais cautelosos.
  4. “Se muitas pessoas compartilham, deve ser verdadeiro”, nós supomos. Nem sempre. A verdade é que a maioria é tão propensa a equivocar-se como a minoria.
  5. Não sabemos distinguir a sátira da notícia.Mais do que uma vez se viu alguém compartilhar conteúdo de algum portal de humor como se fosse uma notícia verdadeira. Se não conhece o portal e o que está compartilhando, o melhor é conhecer um pouco o site para confirmar que, de fato, não é um portal humorístico.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Internet
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
OLD WOMAN, WRITING
Cerith Gardiner
A carta de uma irlandesa de 107 anos sobre co...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia