Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 27 Janeiro |
Santa Angela de Mérici
home iconEstilo de vida
line break icon

Esperança: uma revolução no diagnóstico do câncer

Aleteia Brasil - publicado em 31/05/16

Nova tecnologia quer democratizar o acesso da população aos melhores exames

Apenas uma mostra de sangue e, em duas horas, uma pessoa pode saber se tem câncer ou não. Esta é a promessa de uma nova tecnologia já catalogada como “revolucionária”.

Trata-se do Miróculus, um dispositivo portátil de baixo custo voltado a detectar esta e outras doenças. O projeto foi apresentado nesta semana em Santiago, no Chile. O dispositivo deverá estar disponível em 2018, colocando os diagnósticos de última geração “ao alcance de todos”, nas palavras do empreendedor chileno Alejandro Tocilg, desenvolvedor da tecnologia.

O dispositivo detecta as diminutas moléculas de material genético que agem como indicadoras de patologias. A mostra retirada do paciente é submetida a reações com compostos químicos criados pelos próprios cientistas. As moléculas alteradas são identificadas e, através de um software, relacionadas com doenças específicas.

“No caso particular do câncer de estômago, que é o tipo que mais mata no Chile, um diagnóstico no início da doença e o tratamento oportuno aumentariam os índices de sobrevivência em até 90%”, declarou Tocilg. “Focamos por enquanto no desenvolvimento do dispositivo para a detecção do câncer de estômago, mas a ideia é que a nossa tecnologia seja aplicada para detectar outras doenças no futuro”, agregou ele, segundo a agência EFE.

O empreendedor chileno quer diminuir as distâncias entre os sistemas públicos e privados de saúde: a iniciativa de baixo custo pretende “democratizar o acesso da população aos exames médicos” para melhorar a expectativa de vida dos enfermos.

O sistema já está em fase de testes. A Miróculus, empresa desenvolvedora do novo dispositivo, está trabalhando em parceria com laboratórios e centros de referência norte-americanos como o Johns Hopkins Hospital, além do Hospital Clínico da Universidade Pontifícia Católica do Chile.

O projeto de Tocilg é esperançador. Em seu país, as previsões estatísticas apontam o câncer como a principal causa de mortes já em 2020, superando as doenças cardiovasculares. Estima-se também que, só no Chile, morra atualmente de câncer uma pessoa a cada 25 minutos.

Tags:
Câncermedicinatecnologia
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
BABY BAPTISM
Padre Reginaldo Manzotti
Por que é tão importante batizar uma criança?
2
Pe. Robson de Oliveira
Reportagem local
Processo contra pe. Robson está arquivado definitivamente, notici...
3
Larry Peterson
Ela se divorciou duas vezes, teve 8 filhos, virou freira e levou ...
4
READING
Gelsomino Del Guercio
3 regras fundamentais para os leitores da missa
5
FETUS
Francisco Vêneto
Abortos no mundo em 2021 já superam mortes por covid em toda a pa...
6
ROSARY
Reportagem local
Exorcista alerta sobre os perigos de "falar" com os mortos
7
Jérôme Lejeune
Francisco Vêneto
Descobridor da Síndrome de Down está em processo de beatificação
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia