Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 27 Outubro |
Beato Bartolomeu de Vicenza
Aleteia logo
home iconPara Ela
line break icon

Ex-namorado(a): manter a amizade ou afastar-se definitivamente?

Sempre Família - publicado em 01/06/16

Critérios a levar em conta na hora de decidir como reconstruir a vida sem a pessoa que já esteve ao seu lado

Eles fazem parte da nossa história e, por motivos diversos, seguem para caminhos diferentes. Mas será possível manter uma amizade sadia com o ex-namorado (a)? Ou o melhor é se afastar definitivamente da pessoa?

Para a psicóloga clínica Cristiane M. Maluf Martin, a amizade acontece na minoria dos casos, já que o término do namoro não acontece em comum acordo.

“Quando um relacionamento chega ao fim e um dos dois não concorda, é difícil aceitar a situação sem tentar, pelo menos por um tempo, retomar a relação. Essa insistência pode vir através de telefonemas desesperados jurando amor eterno, perseguição nas redes sociais, cenas de humilhação etc. Isso porque geralmente as pessoas que não aceitam o término são extremamente imaturas, pois não aceitam a realidade e não se colocam no lugar do outro”, conta Cristiane.

Isso significa que, enquanto uma parte está reconstruindo sua vida, a outra está vivendo de memórias, o que torna a amizade entre essas pessoas inviável. Sendo assim, o clima agradável está descartado.

No que diz respeito à relação com a família do ex – já que na maioria dos casos nos tornamos próximos dos pais, irmãos, tios etc. – a orientação é esperar as emoções se acalmarem, pois a separação é sofrida para ambas as partes. Nessa hora os sentimentos se confundem, e isso vale também para os familiares e se a relação chegou ao fim com mágoas, brigas e traições, provavelmente o vínculo será desfeito.

Mesmo passado um tempo do término, se uma das partes não consegue superar, a orientação da psicóloga é desfazer totalmente qualquer vínculo. “Até para liberar o outro em possíveis relações futuras”, diz.

Para que a situação não se torne ainda mais desagradável, é fundamental que ambos se valorizem e encarem a situação com maturidade. Para que a pessoa se conheça melhor e aprenda a lidar com suas frustrações muitas vezes será necessário buscar ajuda profissional e terapêutica. Para Cristiane, isso ajudará a tornar o fim do relacionamento menos sofrido, além de ajudar na melhoria da autoestima.

(via Sempre Família)

Tags:
Namoro
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
SANDRA SABATTINI
Francisco Vêneto
Primeira noiva em processo de canonização na história foi beatifi...
2
EUCHARIST
Reportagem local
O que fazer se a hóstia cair no chão durante a Missa?
3
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa Francisco: “Tenho medo dos diabos educados”
4
Pe. Jonas Magno de Oliveira e sua mãe
Francisco Vêneto
Mãe de padre brasileiro se torna freira na mesma família religios...
5
Transplante de rins
Francisco Vêneto
Transplante de rim de porco em humanos: a Igreja tem alguma objeç...
6
As irmãs biológicas que se tornaram freiras no instituto Iesu Communio
Francisco Vêneto
As cinco irmãs biológicas que se tornaram freiras em apenas 2 ano...
7
BENEDICT XVI
Marzena Wilkanowicz-Devoud
A arte de morrer bem, segundo Bento XVI
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia