Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Cadastre-se e receba Aleteia diretamente em seu email. É de graça.
Receber

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Uma réplica da Arca de Noé abre suas portas nos EUA

Compartilhar

Um parque temático inspirado no dilúvio bíblico será inaugurado no próximo mês de julho

 

Williamstown, em Kentucky, a cinquenta quilômetros ao sul de Cincinnati, é o lar de Ark Encounter: um parque temático cuja principal atração é uma reprodução, de proporções bíblicas (literalmente), da famosa Arca de Noé.

De 155 metros de comprimento (ou 300 côvados, como lemos no relato bíblico – Gn 6,15), a arca já é a maior construção com estruturas de madeira dos Estados Unidos. Na verdade, é um pouco mais que duas vezes maior que a Casa Branca. E não, ela não inclui um casal de cada animal, embora o parque seja instalado em um zoológico.

Embora seus construtores (Answers in Genesis, uma associação protestante) tenham financiado o projeto de aproximadamente cem milhões de dólares de forma privada (ou seja, sem utilizar fundos públicos), como se lê na nota de Alain Sherter para a CBS News, o projeto tem levantado polêmicas: aqueles que quiserem trabalhar no parque devem assinar uma cláusula atestando ser cristãos.

Espera-se que muitos turistas visitem o lugar a partir de sua inauguração no próximo mês de julho.

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.