Aleteia
Sábado 24 Outubro |
São Maglório
Religião

Equador: a ajuda humanitária vai embora; mas a Igreja católica fica

Jaime Septién - publicado em 02/06/16

Acompanhamento espiritual e psicológico, reconstrução de casas e geração de meios econômicos: iniciativas conjuntas da Igreja

As ajudas internacionais e até mesmo as locais costumam diminuir muito à medida que passam os dias e vai “ficando para trás” um grande desastre como o terremoto que sacudiu a costa norte do Equador em 16 de abril deste ano. Outros desastres vão ocupando a mente das pessoas, das organizações de ajuda, dos organismos internacionais de apoio humanitário.

Mas a Igreja continua lá.

Em entrevista coletiva, a Comissão Episcopal de Pastoral Social Cáritas da Conferência Episcopal Equatoriana (PSCE), a Província Jesuíta do Equador e a Conferência Equatoriana de Religiosos e Religiosas (CER) reiteraram seu compromisso de continuar trabalhando em conjunto para responder às necessidades mais urgentes das famílias atingidas.

COMPROMISSO REAL E PERMANENTE

Os representantes desses organismos da Igreja ratificaram seu compromisso de acompanhar espiritual e psicologicamente, apoiar na reconstrução de casas e no fortalecimento do tecido social comunitário e colaborar na geração de meios de vida para o sustento econômico de famílias e comunidades.

“Como Igreja, nós reiteramos o nosso compromisso e vocação de acompanhar o nosso povo nas situações de maior sofrimento, com uma presença próxima e promovendo a eficácia apostólica para responder às necessidades mais urgentes. Diante desta realidade, nós nos sentimos interpelados para transmitir uma mensagem de genuína comunhão, construindo as pontes necessárias para agir como corpo eclesial, fortalecendo as nossas capacidades e dando os melhores frutos de maneira conjunta”, diz a declaração das entidades eclesiais.

“A intervenção será feita em conjunto e escutando as necessidades manifestadas pelas instâncias eclesiais que estão no território (jurisdições eclesiásticas, Cáritas locais, párocos, missionários e outras expressões da Igreja), com um plano de resposta que, em primeira instância, beneficiará cerca de 700 famílias, em perspectiva integral, mediante os 3 componentes mencionados”.

AÇÃO CONCRETA E EM PARCERIA

  • O acompanhamento psicológico e espiritual será coordenado pela CER.
  • A construção de casas, pela Província Jesuíta do Equador através da organização Hogar de Cristo (Lar de Cristo).
  • A geração de recursos será impulsionada mediante empreendimentos familiares e dotação de insumos para a atividade econômica e comercial, proporcionados após diagnóstico e plano simples de negócio, a cargo da Pastoral Social da Cáritas Equador.
  • A Pontifícia Universidade Católica do Equador prestará o apoio do talento humano com professores e estudantes especializados nas áreas de trabalho priorizadas por essa frente comum eclesial.
  • O Serviço Jesuíta de Refugiados e Migrantes apoiará tecnicamente nas situações de deslocamento forçado por desastres naturais.
  • Para a execução do plano conjunto, está sendo criada uma organização enxuta que permita responder adequadamente a todo o processo de resposta. Além deste trabalho em parceria, cada instituição manterá ainda o seu trabalho independente, como historicamente tem feito.

COMUNHÃO PROFUNDA

Os participantes da entrevista coletiva em Quito esperam que a iniciativa passe “uma clara mensagem de comunhão, que sirva para que a nossa sociedade equatoriana mantenha a atitude solidária profunda diante da dor dos irmãos atingidos (…) Encorajamos os nossos irmãos mais afetados a se apoiarem e perseverarem na esperança. A Igreja persevera com vocês no acompanhamento fraterno”.

MILAGRE?

Conheça a imagem de Maria que derrotou o terremoto no Equador: ela permaneceu intacta em meio aos escombros e virou ícone de consolação – mas também de indignação entre os não crentes: afinal, isto é milagre ou é “deboche” diante da tragédia de tantas mortes? Leia aqui e saiba mais sobre este fato.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
Igreja Católicasolidariedade
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
SAINT MICHAEL
Philip Kosloski
Oração a São Miguel por proteção contra inimi...
Rosário
Philip Kosloski
Benefícios do Rosário: 3 virtudes que aprende...
Papa Pedro João Paulo II Bento XVI Francisco
Reportagem local
Pedro, João Paulo, Bento e Francisco: 4 Papas...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia