Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Sexta-feira 26 Fevereiro |
Santo Alexandre
home iconReligião
line break icon

A conversão do iraniano Johannes: “Deixei o islã porque Cristo prega o amor”

Gelsomino Del Guercio - Aleteia Brasil - publicado em 17/06/16

"Uma religião que dá os seus primeiros passos com a violência não pode levar as pessoas à liberdade e ao amor"

DO IRÃ PARA A ÁUSTRIA; DO ISLÃ PARA CRISTO

Johannes é o novo nome de um jovem iraniano que se chamava Sadegh. Nascido no Irã, em família muçulmana, ele hoje também tem novo país e nova fé: mora na Áustria e, do islã, passou a Cristo. Johannes contou ao jornal britânico The Guardian, em 6 de junho, como e por que se converteu.

Ele tinha começado a se fazer perguntas sobre as raízes do islã ainda em sua terra natal, durante a universidade.

Descobri que a história do islã era totalmente diferente do que eu tinha aprendido na escola. Talvez, comecei a pensar, ela fosse uma religião que se estabeleceu com a violência (…) Mas uma religião que dá os seus primeiros passos com a violência não pode levar as pessoas à liberdade e ao amor. Jesus Cristo disse que quem com espada fere, com espada perece. Isso realmente mudou a minha forma de pensar”.

Johannes empreendeu o seu caminho de conversão ainda no Irã, mas logo se viu forçado a deixar o país.

O DIREITO DE RECEBER O EVANGELHO

A Igreja está crescendo, mas não por fazer proselitismo: ela não cresce por proselitismo; ela cresce por atração, pela atração do testemunho que cada um de nós dá ao povo de Deus”, declarou o papa Francisco, esclarecendo os termos da discussão sobre a conversão religiosa. Em seu centro não está o proselitismo, e sim a evangelização, essencialmente ligada ao testemunho do Evangelho a quem não conhece Jesus Cristo ou sempre o rejeitou.

Números oficiais não existem. Estimativas estatísticas não estão disponíveis. Ainda assim, é notório que muitos daqueles que não conhecem Jesus ou que antes o rejeitavam “estão buscando a Deus em segredo, impulsionados pela sede do seu Rosto, inclusive em países de antiga tradição cristã”, observa o Santo Padre. E “todos têm o direito de receber o Evangelho”. Não se trata de impor “uma nova obrigação, mas de compartilhar uma alegria, sinalizando um horizonte belo”.

CONVERSÕES DE FACHADA?

A Conferência Episcopal Austríaca publicou no ano passado novas orientações para os sacerdotes, alertando que muitos refugiados poderiam tentar facilitar o seu estabelecimento no continente europeu através da suposta conversão. “Admitir ao batismo pessoas identificadas como ‘não críveis’ implica perda de credibilidade para a própria Igreja”. Desde 2014, aplica-se na Áustria um período de preparação em que se verifica o desejo sincero da conversão. “Não estamos interessados em ter cristãos pro forma”, explica Friederike Dostal, que coordena os cursos de preparação para o batismo de adultos na arquidiocese vienense.

Apesar do risco real das “conversões de fachada”, histórias como a de Johannes se multiplicam tanto na Europa quanto nos próprios países de origem destes novos cristãos – países onde a “atração cristã” de que fala o Papa Francisco pareceria impossível. Mas o Espírito Santo sopra onde quer.

Conheça mais algumas dessas histórias e do atual e complexo fenômeno das conversões de muçulmanos ao cristianismo: Nova Igreja das catacumbas – aumentam as conversões do islã a Cristo, mas…

Tags:
ConversãoCristianismoMuçulmanosPerseguição
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Eucaristia
Reportagem local
Diocese afasta padre que convidou pastor para “concelebrar&...
2
Padre Paulo Ricardo
Nossos tempos são os últimos? A Irmã Lúcia responde
3
OPERA SINGER
Cerith Gardiner
Cantora de ópera faz apresentação incomum e homenageia Maria e as...
4
KOMUNIA NA RĘKĘ
Claudio de Castro
Padre chora copiosamente diante da falta de respeito com a Eucari...
5
DOMINIKANIN, SZCZEPIONKA COVID
Jesús V. Picón
Padre desenvolve vacina contra Covid-19 para os pobres
6
SPANISH FLU
Philip Kosloski
Os poderosos conselhos do Padre Pio durante uma pandemia na Itáli...
7
HOLY FAMILY
Philip Kosloski
A antiga oração a São José que é “conhecida por nunca ter falhado...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia