Aleteia logoAleteia logoAleteia
Sexta-feira 23 Fevereiro |
Aleteia logo
Histórias Inspiradoras
separateurCreated with Sketch.

O mundo está ao contrário!

claudiovieira1.jpg

Aleteia Brasil - publicado em 17/06/16

Quando nasceu, os médicos lhe deram 24 horas de vida. Hoje, aos 40 anos, ele nos mostra o que é que está mesmo virado ao avesso...

A artrogripose múltipla congênita é a doença genética raríssima, também chamada de articulação rígida, que afetou Cláudio Vieira de Oliveira já nos seus três primeiros meses de gestação. A doença compromete uma ou mais articulações do corpo e, nos casos mais graves, afeta órgãos e partes do cérebro. Cláudio, que é brasileiro, nasceu com os braços, as pernas e o pescoço “virados do avesso”.

Os médicos informaram à mãe que o bebê morreria em até 24 horas depois do parto. Mas a família de Cláudio jamais perdeu as esperanças – para começar, decidiram nunca mais levá-lo até aquele hospital.

NÃO PERCA TAMBÉM: O médico recomendou à mãe que abortasse a sua bebê com síndrome de Down. Ela optou pela vida. Agora, aos 15 meses, a pequena Emersyn está tocando milhões de corações com seu sorriso e seus olhinhos encantadores – e a mamãe escreveu uma carta de arrepiar para aquele médico que tinha lhe aconselhado matar a própria filha.

Aos 8 anos de idade, Cláudio começou a mexer os joelhos e a casa foi totalmente remodelada para incentivá-lo a fazer o máximo possível com autonomia: chão com material especial que não machucasse, móveis com altura suficiente para ele não precisar de ajuda, interruptores rebaixados… Devido ao formato particular do corpo, o que Cláudio não pode usar é a cadeira de rodas. Mesmo assim, ele resolveu ir à escola e sempre se viu como uma pessoa normal – só que vendo o mundo de cabeça para baixo!

ClaudioV 2

Cláudio Vieira de Oliveira, o bebê condenado pelos médicos a morrer com menos de 24 de horas de vida, está hoje com 40 anos de idade e lançou nada menos que o seu primeiro livro: “O mundo está ao contrário” é mais que uma biografia; é uma aula real de superação impactante e inspiradora. O autor não tem medo de ser visto como “estranho”: com enorme coragem e largo sorriso, ele ainda distribui autógrafos com a caneta na boca!

ClaudioLivro 4

Todos têm a chance de escolher entre resmungar de tudo ou ter gratidão e otimismo. Cláudio fez a opção capaz de mudar sua vida e a de todos ao seu redor. Obrigado, Cláudio!

CVieira 5

Fotos: Facebook de Claudio Vieira de Oliveira

NÃO PERCA TAMBÉM: O médico recomendou à mãe que abortasse a sua bebê com síndrome de Down. Ela optou pela vida. Agora, aos 15 meses, a pequena Emersyn está tocando milhões de corações com seu sorriso e seus olhinhos encantadores – e a mamãe escreveu uma carta de arrepiar para aquele médico que tinha lhe aconselhado matar a própria filha.

Tags:
Cultura do descarteDoençaFelicidadeSuperaçãoValoresVidaVirtudes
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia