Aleteia logoAleteia logoAleteia
Segunda-feira 22 Abril |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Mergulhar nos Jogos Olímpicos Rio 2016

gettyimages-513606438.jpg

Getty Images

Caryn Rivadeneira - publicado em 04/07/16

Há esportes mais populares, mas poucos se comparam à beleza do nado sincronizado

Os atletas de todo o mundo estão pensando nos Jogos Olímpicos de 2016, a se realizarem no Rio de Janeiro a partir de 05 de agosto até 21 de agosto. Porém, as eliminatórias do nado sincronizado foram um show à parte.

Independentemente do país ou da equipe que ganhar nas Olimpíadas, a beleza do nado sincronizado é semelhante a assistir à beleza de um balé, só que feito na água. (Na verdade, o esporte foi originalmente chamado: “balé aquático”.)

Em relação aos eventos olímpicos, o nado sincronizado não é muito seguido como as competições de natação (que estão cada vez mais populares) e torneios de voleibol. Mas, se você gosta de assistir a um espetáculo de balé, você pode ser surpreendido pela beleza e graça que essas atletas têm para oferecer.

Não sabe muito sobre nado sincronizado? Olhe estes sete fatos interessantes sobre o esporte:

  1. O nado sincronizado foi proclamado esporte pela primeira vez em uma Exposição Mundial em Chicago em 1933 e 1934, depois de uma demonstração de “The Kay Curtis Modern Mermaids”. Ele não se tornou oficialmente um esporte olímpico em 1984.
  2. O nado sincronizado é uma mistura de acrobacia, natação e dança. Talvez seja por isso que foi originalmente chamado de “balé aquático”.
  3. A nadadora pode chegar a praticar mais do que a maioria dos outros atletas olímpicos. Elas passam seis horas por dia (seis dias por semana!) na piscina, além de duas horas de treinamento “em terra”.
  4. O nado sincronizado é um dos poucos esportes com duas mulheres nos Jogos Olímpicos.
  5. Nadadoras sincronizadas podem prender a respiração por até três minutos. Porém, elas raramente ficam debaixo d’água por mais de um minuto de cada vez.
  6. A nadadora não está autorizada a tocar o fundo da piscina.
  7. A Federação Aquática Internacional, FINA, exige roupas de banho de “bom gosto moral”.

Tags:
ArteBelezaEsporte
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia