Aleteia logoAleteia logoAleteia
Quarta-feira 17 Abril |
Aleteia logo
Estilo de vida
separateurCreated with Sketch.

Uma bailarina de 52 anos em um vídeo que desafia os padrões

readyformore-1-e1464095521919-1024×626.jpg

Caryn Rivadeneira - publicado em 04/07/16

Uma mensagem especial para todas as mulheres que olham para trás depois de certa idade, que desejariam voltar à “plenitude”

É incrível o que pode acontecer em um minuto. Como um pequeno filme – em um comercial de TV de um serum antienvelhecimento – pode nos mover, moldar, tocar. E, no entanto, no minuto em que você assistir à estrela do balé italiano Alessandra Ferri, de 52 anos, dançando com seu holograma de 19 anos, você se surpreenderá.

O comercial começa com Ferri sozinha no palco. Em poucos segundos o holograma aparece. É Ferri aos 19 anos, dançando no American Ballet Theater, onde ela era a principal – recrutada por Mikhail Baryshnikov. Os dois “eus” começam a dançar juntos, em sincronia, antes da verdadeira Ferri se afastar, trocar olhares com seu eu mais jovem e depois absorver seu holograma.

O poder do momento é inconfundível. Para todas as mulheres que olham para trás depois de certa idade, que desejam voltar à “plenitude”, este anúncio nos lembra que nunca estamos emnossa plenitude. Estamos melhores por termos vivido – não importa o que parece para cada um de nós.

E depois que Ferri para e enfrenta a câmera – sem um ponto de maquiagem ou iluminação especial para esconder o fato de que ela tem 52 anos – lemos as palavras: “pronta para mais”, antes dela girar se afastando novamente.

Certamente esta não é a mensagem que estamos acostumados a receber de empresas interessadas em nos vender cosméticos, ainda mais um produto para “combater” o envelhecimento. Este anúncio realmente coloca seu produto no seu devido lugar. Querer ter um olhar fresco e vibrante é maravilhoso! Querer ter saúde, até mesmo a pele com aparência jovem, é ótimo! Mas não é tudo.

Ferri mostra quem somos e como nos sentimos. Não há limite de idade para a beleza, ou a capacidade, ou o propósito, ou o sonho. E enquanto é divertido revisitar as memórias e miragens de nosso antigo eu, eles são apenas isso: memórias e miragens. Como Ferri mostra muito bem, não perdemos a beleza da nossa juventude, nós a absorvemos e a tornamos melhor, ficando “prontos para mais”.

Você certamente gostará de ver também: “Sou o resultado do que uma grande mulher quis fazer de mim”

Tags:
BelezaJovensMulherVida
Top 10
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia