Aleteia
Quinta-feira 22 Outubro |
São Moderano
Religião

Este padre celebrou um casamento "ilegal" – e não se arrepende

Arthur Herlin - publicado em 18/07/16

A misericórdia vai (muito) além das mesquinhas leis humanas

“A minha perspectiva é a da fé do pastor que ajudou uma das suas ovelhas a morrer feliz”. É assim que o padre Maurice Franc explica que não se arrepende em absoluto do que fez.

Ele é pároco em Notre Dame du Rocher, na cidade francesa de Biarritz, e, no dia 14 de junho celebrou o matrimônio de um casal que não estava previamente unido por ato civil. Na França, isto é proibido pelo artigo 433-21 do código penal – herdado da Revolução: esse artigo determina que todo casamento deve ser reconhecido civilmente pela prefeitura e que só depois é permitido realizar cerimônias religiosas.

Mas o padre aceitou unir os esposos porque a mulher estava com câncer em fase terminal.

“Sophie teve dificuldades para se expressar durante o consentimento mútuo; o ‘sim’ que ela pronunciou foi tão comovente quanto solene. Só de lembrar, me escapam as lágrimas”, compartilha, emocionado, o sacerdote. “A última coisa que Sophie viveu realmente foi aquele ‘sim’”.

A cerimônia aconteceu no quarto da mulher, prostrada na cama. “Éramos quinze pessoas no quarto. Não tinha nada de clandestino”, afirma o padre, desmentindo taxativamente as insinuações de certos meios de comunicação.

A mulher, de cinquenta anos, teve de ser tratada com sedativos naquela mesma tarde e faleceu dois dias depois.

Os votos matrimoniais: fruto de um caminho espiritual trilhado pelos esposos

Fazia apenas dois anos, o padre Franc tinha acompanhado Sophie na preparação para o batismo: “Fazia tempo que Sophie queria se casar, mas Jean-Claude, seu cônjuge, não estava pronto. Foi o batismo de Sophie, e não a sua doença, o que despertou nele uma autêntica reflexão que culminou no matrimônio”, relata o sacerdote.

Mas o câncer surgiu no ano seguinte e o casal teve de adir os planos. Apesar da enfermidade, “Sophie irradiava uma fé profunda e resplandecente”, assegura o padre Franc, acrescentando que “um grupo de fiéis se reuniu em torno a ela para lhe dar apoio até o momento da morte”.

“O casamento que eu celebrei não foi ilegal. Há uma indulgência do legislador. O artigo do código penal diz de maneira muito clara: ‘Todo ministro de culto que celebrar, de maneira habitual…’. Esta é a prova de que o legislador é consciente de que pode haver condições excepcionais. O ato deve ser reiterado para ser reprovável”, destaca o sacerdote, de 54 anos.

Veículos de mídia divulgaram que o esposo teria encaminhado uma solicitação à prefeitura para fazer “constar o seu estado de homem casado”, insinuando interesse no patrimônio da esposa, agora falecida.

O padre Franc é categórico: “Não é verdade que ele tenha ido à prefeitura para fazer valer seus direitos civis. Ele mesmo me diz que, em todo caso, Sophie não tinha nada. Nem ele imagina que tipo de herança poderia reclamar”.

O mundo laicista pode não querer entender, mas existem pessoas que se casam por amor.

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Tags:
CasamentoLaicismo
Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
nuvens sinais
Reportagem local
Estão sendo fotografados "sinais do céu"?
Papa Francisco São José Menino Jesus
ACI Digital
Papa Francisco reza esta oração a São José há...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia