Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Segunda-feira 26 Julho |
Santo Austindo
home iconAtualidade
line break icon

O cérebro humano testemunha: as pessoas são mais do que a soma de suas partes

Anna O'Neil - publicado em 21/07/16

O que Deus nos ensinaria sobre a tecnologia de reconhecimento facial?

Você sabia que a parte do cérebro que realiza o processamento das informações sobre o rosto humano é completamente diferente da parte que processa o aspecto de todos os outros objetos?

Eu descobri isto quando tinha 16 anos, ao mesmo tempo em que fui informada de que o centro de processamento facial do meu cérebro não funciona adequadamente: eu tenho uma doença chamada prosopagnosia, ou incapacidade de reconhecer rostos.

Mas voltando aos dois centros cerebrais que processam a aparência de objetos e de rostos humanos: eles realmente funcionam de forma bem diferente. O processamento dos objetos distingue detalhes e características para armazenar na memória a imagem mental do objeto em questão. Já o processamento facial não considera esses detalhes como partes separadas, e sim como um todo coerente, unitário.

Cérebros como o meu veem apenas os detalhes por separado: olhos verdes, nariz pequeno, lábios finos, estrutura facial redonda… Você, leitor, também vê tudo isto, mas os vê como uma totalidade unificada: como um rosto humano. Eu não consigo sintetizar as partes em uma entidade coerente. Aliás, fiquei atônita quando me disseram que a maioria das pessoas consegue “visualizar” mentalmente um rosto.

Eu compenso esta deficiência usando o centro de reconhecimento amplo do meu cérebro para reconhecer as pessoas. Identifico as suas características como pistas: uma barba, alto e magro, má postura… Se algo mudar, se alguém cortar o cabelo de um jeito muito diferente, ou se eu o encontrar num local onde não esperaria encontrá-lo, vou estar em apuros… Certa vez, cumprimentei um tio como se fosse meu sogro, porque, além de terem o cabelo parecido, eu vi um na casa do outro.

O fato é que reconhecer a existência de um transtorno acaba realçando o funcionamento de um sistema que nem costumamos observar que existe. Ao pensar na minha própria cegueira para feições, ocorreu-me que é muito revelador o fato de que o cérebro veja os rostos de um jeito tão diferente de como vê o resto do mundo. O que o cérebro faz automaticamente (na maioria dos casos), a alma também deve fazer.

O cérebro enxerga uma distinção fundamental entre uma torta de maçã e uma pessoa. A primeira é simplesmente um composto de características sensoriais: o cérebro enxerga uma coisa redonda, doce, quente, de coloração marrom, e a chama de “torta”. No caso de uma pessoa, o cérebro registra as suas características, mas as vê como um todo, como algo que é feito de partes, mas que é maior do que a soma dessas partes. Ele não vê o rosto humano apenas como um composto de olhos-mais nariz-mais boca; ele vê o rosto como rosto, como uma unidade que tem essas características, sim, mas que não se limita a ser uma soma dessas características. Esta distinção é sutil, mas muito importante. E o rosto humano é a única coisa que o cérebro trata desta maneira!

No início, eu fiquei surpresa. “O cérebro consegue fazer, mecanicamente, a mesma coisa que eu tenho que fazer usando a minha vontade!“. Mas isso não deveria ser surpreendente de modo algum: toda pessoa é realmente mais do que a soma de suas partes, porque, afinal, ela é um sujeito, não um objeto. O cérebro a vê de modo diferente pela mesma razão que a alma também a vê de modo diferente. A pessoa é fundamentalmente diferente de todos os objetos; é perfeitamente óbvio que, portanto, ela seja percebida de modo diferente também.

E isto não é coincidência nem casualidade. O cérebro está sempre nos lembrando o que sabemos muito bem pela Revelação: que a pessoa humana é toda uma “categoria” especialmente diferente de todo o mais que existe no mundo.

Os objetos ao nosso redor são simplesmente aquilo que parecem ser, enquanto a pessoa não é apenas a soma de suas partes. A pessoa é maior!

Tags:
CiênciadignidadeVida
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Reportagem local
A arrepiante oração de uma mulher no corredor da morte por ser ca...
2
Aleteia Brasil
Sorrisão e joelhos: 2 pais brasileiros e seus bebês que emocionar...
3
st charbel
Reportagem local
Por acaso não está acontecendo o que São Charbel disse?
4
JENNIFER CHRISTIE
Jeff Christie
Minha mulher engravidou de um estuprador – e eu acolhi o bebê nas...
5
CROSS;
Reportagem local
O que significa o sinal da cruz feito sobre a testa, os lábios e ...
6
CONFESSION, PRIEST, WOMAN
Julio De la Vega Hazas
Por que não posso me confessar diretamente com Deus?
7
PADRE PIO
Philip Kosloski
A oração que Padre Pio fazia todos os dias ao Anjo da Guarda
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia