Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Receba diretamente no seu email os artigos da Aleteia.
Cadastrar-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

8º mês: bebê corre gravíssimo risco – mas o médico resolve em 2 minutos!

Liam Muckleston
Compartilhar

Para saber e repassar: esta dica incrível pode salvar vidas!

Liam Muckleston levou sua esposa grávida ao médico e filmou uma consulta em que algo muitíssimo relevante aconteceu.

Era a 36ª semana de gestação – ou seja, ela estava no oitavo mês – e o bebê tinha se posicionado na perigosa “posição pélvica“: sentado dentro do útero com a cabeça para cima. Essa postura é muito delicada na hora do parto porque pode causar complicações como lesão no cérebro ou no crânio e falta de oxigênio.

Uma opção frequente nesses casos é a cesárea. No entanto, as cesáreas são recomendadas somente em último caso, devido aos riscos de infecção, hemorragia e dor após o parto (em contrapartida, o parto normal favorece a saúde do bebê e da mãe, estimula o vínculo emocional entre os dois e permite uma recuperação muito mais rápida).

Mas o médico dos Muckleston tinha outra opção e resolveu o problema em… 2 minutos!

O que ele fez foi uma Versão Cefálica Externa (VCE), procedimento em que, usando apenas as mãos para massagear o abdômen da gestante, o médico vai virando o bebê sem intervenção cirúrgica alguma.

Confira no vídeo abaixo e, por favor, repasse para as mamães que estão esperando o nascimento de seu bebê!

IMPORTANTE: Esta é uma dica que pode salvar vidas!

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.