Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Grupo satânico anuncia “missa negra” no dia da Assunção de Maria – e católicos reagem

The Satanic Temple of Oklahoma
Compartilhar

Participe do abaixo-assinado mundial contra o sacrilégio - saiba como

Milhares de pessoas já estão assinando uma petição online, na plataforma CitizenGO, para que seja suspensa a “missa negra” agendada para o próximo dia 15 de agosto no Centro Cívico da cidade de Oklahoma, nos Estados Unidos.

Não parece casual que tenha sido escolhida a data de 15 de agosto: trata-se nada menos que da Solenidade da Assunção de Nossa Senhora – e os satanistas são bem conhecidos por fazerem de tudo para provocar e ofender gravemente os católicos (não os cristãos em geral, mas especificamente os católicos). Muito pior que ofender os fiéis, no entanto, é ofender o próprio Cristo e sua Mãe.

O ritual blasfemo está sendo organizado por Adam Daniels, que já foi condenado em 2009 por agressão sexual. Ele já realizou uma “missa negra” em 2014, ameaçando inclusive profanar uma hóstia consagrada que havia roubado de uma igreja. O arcebispo de Oklahoma, Dom Paul Coakley, conseguiu legalmente que o satanista fosse obrigado a devolver a Eucaristia. Ainda assim, o grupo de Daniels acabou consumando a sua “missa negra”, supostamente sem o Corpo de Cristo.

Na véspera do Natal em 2015, Adam Daniels protagonizou também um ritual ofensivo contra a Virgem Maria em frente à catedral de San José.

________________

Reveja o caso:

Satanistas afirmam ter hóstia consagrada para ser profanada em missa negra nos EUA

________________

A atual campanha pela proibição da nova “missa negra” já conta com mais de 30.000 assinaturas dirigidas ao Civic Center Music Hall de Oklahoma. A petição solicita o cancelamento do ritual satânico “em nome da decência da cidade, da convivência cidadã e do bom senso”. Os assinantes perguntam, no texto, se o centro de eventos permitiria que fosse realizado em seu interior um ritual contra os muçulmanos ou contra as pessoas homossexuais.

Na ocasião da “missa negra” de 2014, os diretores da instituição haviam autorizado o ritual alegando que não poderiam proibir nenhum evento que a legislação norte-americana não considerasse ilegal.

________________

Reveja o caso:

Prefeitura de Oklahoma não cancela evento satânico

________________

Diante do ritual programado para este mês, Dom Paul Coakley vem exortando os fiéis a pedirem a intercessão de São Miguel Arcanjo, da Virgem Maria e de todos os anjos e santospara que o Senhor cuide da nossa comunidade e nos proteja do mal e das suas muitas manifestações destrutivas e violentas”.

Mas pontuou: “Não estou encorajando manifestações no Centro Cívico, o que só alimentaria a fome de atenção e estimularia a repetição de atuações de obscenidade e ofensa”. No lugar de tais manifestações, o arcebispo pede “orações em nossas igrejas e lares”.

_________________________

CATÓLICO, DEFENDA CRISTO!

ASSINE AGORA A PETIÇÃO ONLINE

pelo cancelamento da “missa negra”.

>> CLIQUE AQUI <<

_________________________