Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quinta-feira 23 Setembro |
São Constâncio
home iconAtualidade
line break icon

O grande segredo do “Pokémon GO”

Padre Paulo Ricardo - publicado em 12/08/16

Qual o segredo do sucesso de “Pokémon GO” e o que essa febre revela a respeito da alma humana?

“Pokémon GO”, o jogo que se tornou uma verdadeira febre das redes sociais, suscita a ocasião de fazermos uma importante reflexão moral a respeito do uso saudável das diversões e dos passatempos, de acordo com a doutrina e a espiritualidade católicas. Nos últimos dias, de fato, foram muitos os pais que entraram em contato conosco pedindo-nos uma orientação. Eles perguntavam se haveria algum problema com o jogo e se deveriam proibir os seus filhos de se entreterem com esse aplicativo.

Importa dizer, em primeiro lugar, que entretenimentos desse gênero são uma necessidade da alma humana, que precisa de descanso, assim como nosso corpo exige repouso após a fadiga do dia. O autor espiritual João Cassiano ilustra o caso com um episódio da vida do apóstolo São João, que o Doutor Angélico faz questão de resgatar em sua Suma de Teologia:

“O bem-aventurado João Evangelista, ao ver que alguns se escandalizavam de o ver jogando com seus discípulos, mandou um deles, que trazia consigo um arco, disparar uma flecha. Depois que ele repetiu isso muitas vezes, o santo perguntou-lhe se poderia fazê-lo continuamente. O outro respondeu que, se assim procedesse, o arco se quebraria. O apóstolo então observou que, da mesma forma, a alma humana se romperia se jamais relaxasse a sua tensão.” [1]

Os passatempos não são, portanto, uma necessidade que partilhamos com os animais, como são a comida, a bebida e o sexo. Trata-se antes de uma manifestação própria daquele que foi moldado “à imagem e semelhança” de Deus (cf. Gn 1, 26) e cujo coração se inquieta continuamente, enquanto não repousar nEle [2]. É nesta sede insaciável do ser humano que se encontra, de fato, o grande segredo do sucesso de “Pokémon GO”: assim como as redes sociais e muitos outros divertimentos de nossa época, o que faz este jogo é explorar a constante procura humana por algo que satisfaça os impulsos de sua alma e preencha o vazio profundo de sua existência.

A notícia que é preciso dar aos jogadores sem freios é esta: fomos feitos para uma busca muito mais digna que a caça de “pokémons” — a busca de Deus; fomos criados para uma glória muito superior que a de ser um “mestre Pokémon” — a glória do Céu. Evidentemente, não há pecado algum nos jogos lúdicos, mas existe sim algo de muito grave, quando as pessoas, devido à sua falta de moderação, começam a transformar toda a sua vida em lazer. ” Se dás muito tempo ao jogo“, adverte São Francisco de Sales, “ele já não é um divertimento, mas fica sendo uma ocupação” [3].

Quando passamos a vida diante de uma tela de celular à procura de ínfimas glórias virtuais, o tempo escorre por nossas mãos, esvai-se, e acabamos desperdiçando o dom preciosíssimo da vida que nos foi confiada por Deus. “Os que andam em negócios humanos dizem que o tempo é dinheiro. Parece-me pouco”, diz São Josemaría Escrivá, “para nós, que andamos em negócios de almas, o tempo… é Glória!” [4].

Referências

  1. Suma Teológica, II-II, q. 168, a. 2.
  2. Cf. Santo Agostinho, Confissões, I, 1.
  3. Filoteia ou Introdução à Vida Devota (III, 31). 8.ª ed. Petrópolis: Vozes, 1958, p. 257.
  4. Caminho, n. 355.

(via Pe. Paulo Ricardo)

Tags:
Vícios
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
1
Exorcista padre Gabriele Amorth
Gelsomino Del Guercio
Os assombrosos diálogos entre o diabo e um exorcista do Vaticano
2
Sangue de São Januário ou San Gennaro
Reportagem local
Milagre do sangue de São Januário volta a ser registrado em Nápol...
3
RECONSTRUCTED CHRIST
Lucandrea Massaro
Assim era Jesus: o misterioso Homem do Sudário, reconstruído em 3...
4
HOLY COMMUNION
Reportagem local
A Santa Missa não pode ser trocada por orações pessoais: sem ela,...
5
Jim Caviezel
J-P Mauro
Jim Caviezel presta uma homenagem eletrizante a Maria
6
Berthe and Marcel
Lauriane Vofo Kana
O segredo do casal que tem a união mais longa da França
7
Aleteia Brasil
O dia em que os cães farejadores detectaram Alguém vivo no Sacrár...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia