Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.
Alimente o seu espírito. Receba grátis os artigos da Aleteia toda manhã.
Inscreva-se

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

A vida pede passagem: e passagem aérea!

Missy Berberabe Umandal
Compartilhar

Mulher deu à luz em pleno voo, mobilizando tripulação e passageiros

O voo da companhia Cebu Pacific Air tinha partido de Dubai e rumava para as Filipinas. Tudo corria dentro da normalidade – até que uma das passageiras, grávida de 7 meses, entrou em imprevisto trabalho de parto.

O avião estava na metade do trajeto, sobrevoando a Índia, e, por mais que o piloto tenha resolvido fazer um pouso de emergência, a bebê estava firmemente decidida a não esperar mais nada: e nasceu em pleno voo.

A foto da mãe com a filha nos braços, compartilhada no Facebook pela também passageira Missy Berberabe Umandal, já viralizou. Missy comentou, na postagem, que as comissárias de bordo pediram ajuda médica; providencialmente, havia duas enfermeiras a bordo. De acordo com o relato da passageira, o parto foi rápido.

cebu2
Missy Berberabe Umandal

Os pilotos mantiveram a decisão de realizar o pouso de emergência, na Índia, para que a nova mamãe e sua filhinha recebessem atendimento médico adequado.

A bebê, que recebeu o nome de Haven, ganhou um útil presente da companhia Cebu Pacific Air: passagens gratuitas para o resto da vida.

São leitores como você que contribuem para a missão da Aleteia

Desde o início de nossas atividades, em 2012, o número de leitores da Aleteia cresceu rapidamente em todo o mundo. Estamos comprometidos com a missão de fornecer artigos que enriquecem, informam e inspiram a vida católica. Por isso queremos que nossos artigos sejam acessados por todos. Mas, para isso, precisamos da sua ajuda. O jornalismo de qualidade tem um custo (maior do que o que a propaganda consegue cobrir). Leitores como você podem fazer uma grande diferença, doando apenas $ 3 por mês.