Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

Gaston vira o 3º furacão da temporada de tempestades no Atlântico

Denise Chan / Flickr CC
Compartilhar

A tempestade tropical Gaston se tornou o terceiro furacão da temporada de tempestades no Atlântico nesta quinta-feira, anunciou o Centro Nacional de Furacões (NHC, em inglês) dos Estados Unidos, com sede em Miami.

O furacão está no meio do Oceano Atlântico, quase 2.000 km ao oeste de Cabo Verde. De acordo com o NHC pode alcançar ventos de 120 km/h, com rajadas superiores.

O furacão seguia no sentido noroeste a 28 km/h, com ventos máximos de 120 km/h.

Em seu boletim mais recente, o NHC indicou, no entanto, que espera um rebaixamento de Gaston para tempestade tropical na quinta-feira.

A temporada de furacões do Atlântico vai de 1º de junho a 30 de novembro, mas este ano o primeiro furacão, Alex, se formou em janeiro, em um episódio meteorológico incomum.

O Centro de Previsão do Clima da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA) calculou que o Atlântico pode registrar de 10 a 16 tempestades, mas na semana passada atualizou a previsão para entre 12 e 17, sendo que de cinco a oito poderiam alcançar o grau de furacão.

Em 3 de agosto, a tempestade Earl se transformou no segundo furacão da temporada e deixou ao longo da semana seguinte 45 mortos no México.

(AFP)