Receba o boletim diário da Aleteia gratuitamente no seu email.

Sem condições de apoiar?

Veja 5 formas de você ajudar a Aleteia

  1. Reze por nossa equipe e pelo êxito de nossa missão
  2. Fale sobre a Aleteia em sua paróquia
  3. Compartilhe os artigos da Aleteia com seus amigos e familiares
  4. Desative o bloqueio de publicidade quando nos visitar
  5. Inscreva-se para receber nosso boletim gratuito e leia-nos diariamente

Obrigado!
Redação da Aleteia

Enviar

Aleteia

A Medalha Benemerenti: um prêmio dos Papas a quem serve à Igreja e à família

Creative Commons
Compartilhar

Conheça esta inspiradora condecoração papal que existe desde 1832

A Medalha Benemerenti é uma condecoração papal criada em 1832 pelo Papa Gregório XVI. Ela é concedida a pessoas que prestaram um longo e excepcional serviço à Igreja, à família e à comunidade em geral.

Frente da Medalha Benemerenti

 

Verso da Medalha Benemerenti

Um caso emocionante de recebimento da Medalha Benemerenti é o de Peter Reilly, reconhecido pelo Livro dos Recordes como o “coroinha mais longevo do mundo“!

Peter ajudou durante nada menos que 91 anos nas celebrações litúrgicas da paróquia católica de Santa Maria – Nossa Senhora Estrela do Mar, na localidade litorânea escocesa de Saltcoats.

Desde 1924 até 2015, ele foi acólito, ou coroinha, de gerações de sacerdotes – a paróquia calcula que foram pelo menos 30 padres.

Peter só aceitou fazer uma “pausa temporária” quando completou 100 anos de idade, em 2015:

Eu tinha a preocupação de cair nos degraus. Mas não desisti. Espero reassumir, se eu conseguir fazer esses benditos joelhos funcionarem de novo“, declarou ele, em entrevista logo após a celebração do seu centenário de uma vida exemplar, dedicada a Deus e ao próximo.

Peter Reilly, o coroinha mais longevo do mundo