Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 27 Outubro |
Aleteia logo
home iconHistórias Inspiradoras
line break icon

Eddie Murphy: “A fé em Deus me manteve longe das drogas”

Shutterstock / Nata Sha

Gelsomino Del Guercio - publicado em 29/08/16

"Há muitas vezes em que eu creio que foi a fé que me salvou", revela o astro

Sua risada é, com certeza, uma das mais contagiantes do cinema e da TV: Eddie Murphy, um dos atores mais queridos do mundo, tem feito gerações se divertirem.

Recentemente, o astro de 55 anos falou de episódios polêmicos do seu passado em uma entrevista publicada pelo Hollywood Reporter (22 agosto). Um momento que ele diz que nunca poderá esquecer, e que considera quase um milagre, é este:

Estávamos dando uma volta”, revela Murphy, “quando John Belushi e Robin Williams me ofereceram cocaína. Eu decidi não aceitar e Belushi me chamou de ‘reprimido’. Depois de tantos anos, eu me digo: ‘Nossa, como eu cheguei longe’. Se tivesse aceitado [a droga], a história de Eddie Murphy teria sido bem diferente. Há muitas vezes em que eu creio que foi a fé que me salvou. Situações como essa não fazem outra coisa que não seja reafirmar a minha fé em Deus. Houve muitas ocasiões em que eu podia ter me queimado e morrido”.

Murphy, educado desde pequeno como cristão batista, afirma também que se manteve longe do alcoolismo graças à “estrela da fé”, que o guiou em meio às tentações. Nascido no Brooklyn, em Nova Iorque, ele teve de enfrentar uma infância complicada, marcada pelo assassinato de seu pai e pela vida na rua.

Os dois amigos de Eddie Murphy, infelizmente, não resistiram a uma vida de excessos. John Belushi morreu de overdose em 1982, com apenas 33 anos, enquanto Robin Williams tirou a própria vida, há dois anos, depois de um longo período de depressão.

Em seu último filme, “Mr. Church“, Eddie Murphy tem um grande papel, cheio de humanidade: o de um cozinheiro que trabalha para uma família cuja mãe está gravemente doente de câncer.

Tags:
DrogasValores
Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • Aleteia é publicada diariamente em sete idiomas: inglês, francês,  italiano, espanhol, português, polonês e esloveno
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Top 10
1
SANDRA SABATTINI
Francisco Vêneto
Primeira noiva em processo de canonização na história foi beatifi...
2
EUCHARIST
Reportagem local
O que fazer se a hóstia cair no chão durante a Missa?
3
Transplante de rins
Francisco Vêneto
Transplante de rim de porco em humanos: a Igreja tem alguma objeç...
4
Pe. Jonas Magno de Oliveira e sua mãe
Francisco Vêneto
Mãe de padre brasileiro se torna freira na mesma família religios...
5
Papa Francisco
Francisco Vêneto
Papa Francisco: “Tenho medo dos diabos educados”
6
As irmãs biológicas que se tornaram freiras no instituto Iesu Communio
Francisco Vêneto
As cinco irmãs biológicas que se tornaram freiras em apenas 2 ano...
7
Don José María Aicua Marín
Dolors Massot
Padre morre de ataque cardíaco enquanto celebrava funeral
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia