Aleteia
Quarta-feira 21 Outubro |
São Bertoldo de Parma
Atualidade

Blogueiro é detido na Rússia por caçar pokémons em igreja ortodoxa

Agências de Notícias - publicado em 04/09/16

Um jovem blogueiro russo foi acusado e detido neste sábado por dois meses à espera de um eventual processo depois de ter entrado em uma igreja ortodoxa para caçar pokémons e gravado tudo em um vídeo.

Acusado de incitação ao ódio e de ataque contra a liberdade religiosa, o homem, de cerca de 20 anos, mora na cidade de Ekaterimburgo, nos Urais, e pode pegar uma pena de cinco anos de prisão, indicaram os serviços de investigação russos em um comunicado.

À espera do prosseguimento da investigação, um tribunal decretou a sua detenção “por dois meses, ou seja, até 1 de novembro”, acrescentou.

Em um vídeo publicado em agosto na sua conta de Youtube e visualizado mais de 500.000 vezes, Rouslan Sokolovksi critica um programa de televisão que explicava que era juridicamente arriscado jogar o popular Pokémon Go nas igrejas.

“A quem se pode ofender ao se mover dentro de uma igreja com um smartphone?”, questionava o jovem, que em seguida se dirigia para uma das principais igrejas de Ekaterimburgo, erguida na década de 2000 sobre o lugar onde foi assassinado o último czar da Rússia, Nicolás II, junto com a sua família.

Depois, Sokolovksi começa a jogar durante a realização de um serviço religioso, e caça várias criaturas virtuais. No vídeo, o jovem faz ironias sobre a existência de Jesus e difunde, como música de fundo, uma falsa oração cheia de blasfêmias.

Para os investigadores, que fizeram buscas na casa do acusado na sexta-feira, “alguns” vídeos da sua conta de Youtube revelam “sinais de incitação ao ódio” e um deles tem “sinais de ataque contra a liberdade de consciência ou de crença”.

Vários desses vídeos fazem críticas à poderosa Igreja ortodoxa, cujos valores conservadores são muito defendidos pelas autoridades russas, ante uma suposta perda de valores tradicionais no Ocidente.

O advogado do acusado, Stanislav Iltchenko, disse à agência Ria Novosti que ia recorrer da detenção do seu cliente, que busca, segundo ele, fazer uma “pressão psicológica” para “dar o exemplo”.

(AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
CARLO ACUTIS
John Burger
Como foram os últimos dias de vida de Carlo A...
violência contra padres no Brasil
Francisco Vêneto
Outubro de cruz para padres no Brasil: um per...
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
SAINT JOSEPH SLEEPS
Philip Kosloski
Durma em paz com esta breve oração a São José
Pe. Gilmar
Reportagem local
Padre é encontrado após três dias desaparecid...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia