Aleteia logoAleteia logo
Aleteia
Quarta-feira 28 Outubro |
São Sálvio
home iconAtualidade
line break icon

Bento XVI teve amor de juventude 'muito sério', diz jornalista

Agências de Notícias - publicado em 07/09/16

O papa emérito Bento XVI viveu em sua juventude um amor “muito sério” que tornou difícil sua “opção pelo celibato” e o sacerdócio, contou o autor de um livro de entrevistas com Joseph Ratzinger que será publicado na sexta-feira.

“Sim, teve um amor durante seus estudos que foi muito sério”, explica Peter Seewald em uma entrevista concedida ao semanário alemão Die Zeit, em sua edição de quinta-feira, a qual a AFP teve acesso nesta quarta-feira.

Contudo, este episódio amoroso não está no livro de entrevistas com Bento XVI, titulado “Conversas finais”, que será lançado na sexta-feira no mundo inteiro e em várias línguas, informa o Die Zeit.

Este amor “lhe causou muito tormento. Após a (Segunda) Guerra (Mundial), pela primeira vez houve meninas estudantes. Ele era realmente alguém muito elegante, um jovem bonito, um artista que escrevia poemas e lia (o prêmio Nobel de literatura alemã) Hermann Hesse”, prossegue Seewald.

“Um de seus companheiros de estudos me contou que (Joseph Ratzinger) impressionava as mulheres – e vice-versa. Decidir-se pelo celibato não foi algo fácil para ele”, afirma o jornalista, que não dá nenhuma outra indicação sobre quem foi este amor na juventude.

Seewald, autor de vários livros sobre o primeiro papa que renunciou a seu pontificado em sete séculos, destila nesta entrevista com o semanário alemão alguns detalhes sobre sua pessoa: é “viciado em informação”, gosta de ver os telejornais italianos todas as noites, e é fã dos filmes da série “Don Camilo e Pepón”.

Segundo o jornal Corriere della Sera, a obra também confirma a impressão de que Ratzinger, de temperamento tão reservado, não se sentia capaz de liderar os 1,2 bilhão de católicos (que há no mundo) e uma Igreja sacudida por lutas internas e escândalos, como o dos sacerdotes pedófilos.

Com 89 anos de idade, Bento XVI se recluiu após sua renúncia em 2013 em um monastério no Vaticano, e só faz aparições públicas muito esporadicamente.

(Com AFP)

Apoiar a Aleteia

Se você está lendo este artigo, é exatamente graças a sua generosidade e a de muitas outras pessoas como você, que tornam possível o projeto de evangelização da Aleteia. Aqui estão alguns números:

  • 20 milhões de usuários no mundo leem a Aleteia.org todos os meses.
  • A Aleteia é publicada em 8 idiomas: Português, Francês, Inglês, Árabe, Italiano, Espanhol, Polonês e Esloveno.
  • Todo mês, nossos leitores acessam mais de 50 milhões de páginas na Aleteia.
  • 4 milhões de pessoas seguem a Aleteia nas redes sociais.
  • A cada mês, nós publicamos 2.450 artigos e cerca de 40 vídeos.
  • Todo esse trabalho é realizado por 60 pessoas que trabalham em tempo integral, além de aproximadamente 400 outros colaboradores (articulistas, jornalistas, tradutores, fotógrafos…).

Como você pode imaginar, por trás desses números há um grande esforço. Precisamos do seu apoio para que possamos continuar oferecendo este serviço de evangelização a todos, independentemente de onde eles moram ou do quanto possam pagar.

Apoie Aleteia a partir de apenas $ 1 - leva apenas um minuto. Obrigado!

Oração do dia
Festividade do dia





Top 10
TRIGEMELAS
Esteban Pittaro
A imagem de Nossa Senhora que acompanhou uma ...
Philip Kosloski
3 poderosos sacramentais para ter na sua casa
Aleteia Brasil
Quer dormir tranquilo? Reze esta oração da no...
Aleteia Brasil
O milagre que levou a casa da Virgem Maria de...
No colo de Maria
Como rezar o terço? Um guia ilustrado
Pe. Zezinho
Francisco Vêneto
Duas emissoras brasileiras deturpam fatos em ...
Reportagem local
Corpo incorrupto de Santa Bernadette: o que o...
Ver mais
Boletim
Receba Aleteia todo dia